filmow.com/usuario/sugarsadness/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > sugarsadness
25 years Belém - (BRA)
Usuário desde Abril de 2013
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • William Monteiro

    Aviso: Talvez essa crítica contenha algum spoiler, não tenho certeza.

    Estou surpreso com essa animação! Quando comecei a assistir, jurei que era apenas uma animação boba e sem muita mensagem para passar ao público, mas me enganei redondamente.
    O longa não explora o sentimentalismo (como a maioria das animações da atualidade), mas explora a importância de correr atrás do conhecimento, mostrar a realidade através dos fatos; desfavorecendo o misticismo/criacionismo. Enquanto a massa busca compreender a existência das coisas através de lendas e mitos, um pequeno grupo (cético) busca levantar teorias através de um estudo/análise mais científico.
    Uma forte crítica ao fanatismo religioso, sem dúvidas. As pedras com os desenhos podem ser interpretadas como a "bíblia". Stonekeeper é colocado como o "líder religioso", sempre pregando que o questionamento é algo totalmente errado (a dúvida é a semente do pecado). Não se pode questionar as pedras (bíblia), apenas acredite em tudo que está desenhado/escrito ali, caso contrário será expurgado da aldeia (ou expulso do "paraíso"). A massa são os "rebanhos de ovelhas" (ovelhas não pensam, apenas seguem). E, por fim, o pequeno grupo cético que não conseguem ver lógica em tudo o que lhes são empurrados garganta a baixo. Mostram a importância de estudar, questionar, ir atrás das respostas através dos fatos (e se o sol não for um caracol, como é dito nas pedras? E se a grande montanha não é sustentada por grandes mamutes? E se houver civilização/terra após as nuvens, ao invés de ser um grande buraco negro sem fim?), e ainda são considerados "loucos" pelos demais. Qualquer semelhança com a nossa sociedade não é mera coincidência. Somos considerados loucos por descrer/duvidar daquilo que é um "fato indiscutível" (risos).

    Só sei que foi uma grata surpresa para mim. Espero que esse seja apenas o início de um vasto leque de animações que mostrem para essa nova geração (e para os adultos também, por quê não?) a importância de buscar compreender o mundo através do conhecimento científico e dos fatos.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Nenhum recado para William Monteiro.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.