filmow.com/usuario/tallym/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > tallym
Natal - (BRA)
Usuário desde Julho de 2015
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Adoro cinema e escolho filmes a depender do momento e do meu humor. Não sou preso a uma determinada categoria, vejo e opino de tudo, embora eu dê uma atenção maior ao drama, guerra e ficção científica. Já em relação a outros gêneros, como musicais, comédias e ação (que são os que eu considero digamos "menos atrativos"), depende do filme: há alguns que me agradam, outros não (maioria).
Acredito no surrealismo e sonho em conhecer o mundo e todo tipo de cultura e gente que vive nele. Enquanto esse dia não chega, vou me divertindo com o cinema, alguns discos de vinil, livros e praticamente tudo aquilo que me faz sonhar.

Últimas opiniões enviadas

  • Tally

    Eu adorei esse filme - especificamente a atuação, a música e até às vezes a cinematografia. Stephen Chbosky captou o espírito do livro e os personagens magnificamente. Esperava algo mais leve ou "teen", como citado em alguns comentários, mas esse drama foi uma agradável surpresa e recomendo a qualquer um que procure algo mais profundo.

    "As Vantagens de Ser Invisível" é melhor se você puder realmente se relacionar com o personagem principal ou ter experimentado as dificuldades de ser um adolescente. Quando não é deprimente, o filme vai para aqueles momentos felizes que nos fazem lembrar os bons tempos no ensino médio. No geral, é um ótimo filme. É uma adaptação cinematográfica que substitui o clichê convencional por algumas realidades dolorosas e simplesmente permite que o público entenda tudo. No final, é um filme bastante notável.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Tally

    Este filme é realmente incrível!

    Gostei muito das atuações das cinco meninas, principalmente da caçula, e do modo como a diretora posicionou a câmera e trabalhou os ruídos para dar um ar de maior intimidade. Há sim, uma certa similaridade na construção de alguns personagem e até no roteiro com "As Virgens Suicidas" da Sofia Coppola, porém a partir do segundo ato a história difere completamente. No fim das contas, o filme me tocou profundamente pelo fato de que absolutamente quaisquer dificuldades são superáveis, mesmo aquelas dificuldades que estão associadas a fatores tão fortes como religião, nacionalidade, costumes e tradições. Um baita tapa na cara do conservadorismo!

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Tally

    Eu me sinto envergonhado por não ter visto esse filme antes!

    Muitas pessoas apelidaram isso de "filme de garota", mas eu realmente não gosto desse termo, pois isso implica que os homens não podem gostar de assisti-lo. "Thelma & Louise" é simplesmente um filme sobre situações que acontecem com as mulheres com demasiada frequência.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Nem todas as mulheres são estupradas ou abusadas, mas é algo que é muito comum e é relevante o suficiente para ser um tema de um filme. O objetivo deste filme não era menosprezar ou celebrar tal gênero, mas mostrar duas mulheres se libertando da opressão. Em outras palavras, não é uma fantasia de vingança estúpida como alguns críticos, mas um filme bastante singular sobre amizade e as incontáveis ​​lutas das mulheres na sociedade. Adorei!

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • morgana
    morgana

    alguma coisa está acontecendo agora com o filmow que eu não consigo dar like, nem categorizar os filmes como "quero ver". deve ser alguma manutenção no site. enfim, responde esse comentário por favor para eu lembrar de voltar e curtir a lista 100 filmes mindfuck. inclusive, ótima lista. obrigada :)

  • André Ribeiro
    André Ribeiro

    Obrigado por aceitar a solicitação mano!
    Suas resenhas são muito boas, parabéns!

  • Maíni Yam
    Maíni Yam

    Ahhh que maravilhoso que gostou tanto assim do filme do Clube de Compras Dallas <3 a fotografia é linda mesmo, mas o que me encanta nesse filme é em como tudo convence, e nos toca e ensina, mais do que faz chorar, mas não deixa de ser triste pensar em como os portadores de HIV sofrem tendo que lidar com a doença e ainda com o preconceito alheio.
    Agora fico no aguardo de você assistir "12 anos de escravidão" (que não é dos mais tristes, mas é de arrepiar e revirar o estômago, e o elenco está muito maravilhoso também) e a "Teoria de tudo", que dispensa comentários no quesito humano e emocional. Espero que veja os dois em breve :D

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.