Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

filmow.com/usuario/tekah_bass/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > tekah_bass
30 years (BRA)
Usuária desde Maio de 2015
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Graduação em Letras e Mestranda em Teoria Literária e Memória Cultural pela UFSJ.

Últimas opiniões enviadas

  • Telma Moura

    "- Destruir é melhor do que criar, quando não se cria o essencial. Será que há algo tão claro e justo no mundo que mereça viver? Para ele, um filme fracassado é só um fato econômico, mas para o senhor, ao ponto em que chegou, podia ser o fim. É melhor derrubar tudo e espalhar sal em cima como se fazia para purificar os campos de batalha! No fundo, só precisaríamos de um pouco de higiene, de limpeza, de desinfetante! Estamos sufocados por palavras, por imagens, por sons que não têm razão de ser que saem do nada e se dirigem para o nada! A um artista que realmente seja de tal nome só se devia pedir a lealdade de educar-se para o silêncio. Lembra do elogio de Mallarmé à página em branco? E de Rimbaud? ... Se não se pode ter o todo, o nada é a verdadeira perfeição. Perdoe tantas citações, mas nós, críticos, fazemos o que podemos. A nossa verdadeira missão é varrer os milhares de abortos que todo dia tentam obscenamente vir ao mundo. E o senhor pretendia deixar atrás de si todo um filme como o aleijado deixa no chão a sua pegada disforme? Que presunção monstruosa, achar que seria útil a alguém o esquálido catálogo dos seus erros! E de que lhe adiantaria unir os farrapos da sua vida, suas vagas lembranças, os rostos daqueles que nunca soube amar?"
    .
    .
    "- O que é esta faísca de felicidade que me faz tremer, me dá forças? Desculpem, doces criaturas, eu não tinha entendido, não sabia como é justo aceitar, amar vocês, e como é simples! Luisa, sinto-me como que libertado. Tudo me parece bom, tudo tem um sentido, tudo é real! Como eu gostaria de saber explicar, mas não sei dizer. Pronto, tudo está de novo como antes, tudo está confuso. Mas esta confusão sou eu. Eu como eu sou, e não como eu queria ser, e não tenho medo de dizer a verdade, aquilo que não sei, que procuro e não achei. Só assim vivo, e posso olhar teus olhos fiéis sem sentir vergonha. A vida é uma festa, vamos vivê-la juntos. Só sei dizer isto, Luisa, a você e aos outros. Aceite-me, se puder. Só assim poderemos tentar nos encontrar."

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Telma Moura

    "Um conselho? Talvez ... que devam escrever o que quiserem. Que usem os ritmos que quiserem. Que experimentem diversos instrumentos. Que sentem ao piano e destruam as métricas! Que gritem, em vez de cantar. Que soprem um violão e também um trompete. Que odeie a matemática e abrace o caos. A criação é um pássaro sem plano de voo que jamais voará em linha reta."

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Telma Moura

    "Porque nem Kit nem Port nunca tiveram uma vida regular. Ambos cometeram o grande erro de ignorar a existência do tempo. Um ano era como qualquer outro. Tudo poderia acontecer. "
    *
    "-Aqui o céu é tão estranho que é quase sólido. Como se nos protegesse do resto. Olhe.
    -O que é o resto?
    - Não é nada. Só a noite.
    - Gostaria de ser como você, mas eu não posso.
    - Talvez tenhamos medo da mesma coisa
    - Não, não temos. Você não tem medo de ficar só. E você não precisa de nada. Não precisa de ninguém. Poderia viver sem mim.
    - Sabe que pra mim o amor é amar você. Mesmo com problemas, não há lugar para outra pessoa. Talvez tenhamos medo de amar demais."
    *
    "Por não sabermos quando morremos achamos que a vida é inacabável. Mas algumas coisas acontecem de vez em quando. Poucas, aliás. Quantas vezes vai se lembrar de uma certa tarde na infância ... Uma tarde que faz parte de você, tanto que você não imagina sua vida sem ela. Mais 4 ou 5 vezes. Talvez nem isso. Mais quantas vezes vai ver a lua cheia? Umas 20 talvez. Ainda assim, tudo parece limitado."

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/