Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > terceiro_olho
(BRA)
Usuário desde Janeiro de 2012
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Para você que é um cinéfilo que se preze, aprimore seus conhecimentos de Cinema, entendendo a sua montagem e linguagem, realizando seus curta-metragens de forma profissional e respeitável ou apenas para se embasar mais em suas críticas cinematográficas, acessando o link: http://bit.ly/cursocinemabasico

Meu Blog de Cinema:
http://diariofilmes.blogspot.com/
.
*Lista dos 15 filmes mais bizarros*
http://antagonisti.wordpress.com/2011/01/28/os-15-filmes-mais-bizarros-do-mundo-cinematografico/
.
*Lista dos melhores filmes de terror*
http://melhoresfilmes.com.br/generos/terror
.
*Lista dos 10 melhores filmes Trash*
http://cinemanianet.blogspot.com.br/2012/11/muitas-pessoas-classificam-de-forma.html
.
*Lista de 20 filmes Found Footage*
http://terrorobscuro.blogspot.com.br/2013/11/20-filmes-found-footage-que-voce.html
.
z or r twice

Últimas opiniões enviadas

  • Terceira Visão ¢§

    Se fosse para descrever essa temporada com apenas uma palavra, ela seria: Emoção. Em forma de suspense, medo, relacionamentos e amor, isso mesmo, muito amor. Só o fim do último episódio desta "Season" poderia valer por toda a série, claro que isso é uma força de expressão, tamanho o impacto positivo de uma cena tão bem arquitetada, que nem de longe lembrou do clássico clichê das comédias românticas "teen", aliás, do fundo da alma de todo o espectador, queria que tudo aquilo acontecesse, todos nós estávamos torcendo por um final feliz, afinal, todos os nossos pequenos e grandes guerreiros mereciam, sem deixar a menor sombra de dúvidas, a felicidade.

    Outra característica que reparei desde a primeira parte da série, tal ela também é um pouco percebível na adorável Penny Dreadful, é o apaixonante antagonismo, bem antes do Steve conseguir o que queria com a Nancy, já desconfiava que ele não era aquele típico babaca, prova disso foi que no dia seguinte ele a procurou, mostrando que queria mesmo algo sério com ela. Muitos de nós nos identificamos com o Jonathan, outra personagem sensacional e íntegra, e 99% dos seguidores acreditaram piamente que Nancy ficaria com ele no final, entretanto, a série fugiu desse clichê de forma genial, e o melhor, sem nos fazer sentir raiva do Steve. O Hopper, em sua primeira aparição, tínhamos a impressão de apenas um delegado insignificante, desbocado, fora de forma, insensível, com várias falhas de caráter, e mais uma vez, Stranger Things brinca com a gente, pois ele é completamente o inverso de tudo isso. Passo a acreditar que "Stranger Things" não se limita apenas a coisas estranhas do sobrenatural, todavia, a própria natureza de suas personagens. E para me certificar que não estou errado, o Bob é o meu melhor argumento, daríamos nada por um mero personagem secundário que surgiu apenas para distanciar o Hopper da Joyce, e mais uma redundância, a série se mostra genial no roteiro de nos fazer sofrer com a perda dessa personagem especial, ele foi importantíssimo para a resolução do problema, além de uma das qualidades admiráveis de um homem que conservou em sua essência o seu lado pueril.

    O grupo mirim dispensa comentários, Will (meu preferido), Mike, Lucas, Dustin e a versão infantil da Natalie Portman, Eleven (Jane) é o melhor grupo que já vi até agora em uma série. Só tenho a dizer que essa série superou, e muito, as minhas expectativos e não consigo mais viver sem ela.

    #strangerthingsforever

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Terceira Visão ¢§

    Mais uma animação que assisto que tinha os elementos fundamentais para fazer parte de meus favoritos, como o valor da amizade, ser leal a quem se gosta, Japão feudal, etc. Porém, a obra prefere trocar a nobreza pela superficialidade de uma aventurinha pra lá de maçante e clichê, junto com uma trilha sonora que parecia uma mesclagem de oriente com gaita escocesa ao ritmo de Braveheart, que apesar de boa, fica chatinha de tão repetitiva no anime. Roteiro fraco e tentativa de emocionar fraca também.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • John
    John

    Salve, salve broder \o

    Aqui tá tudo indo, não ainda do jeito que queria, mas com fé a gente chega lá rsrs

    Ora, ora meu amigo, TWD tá complicado hein, tá sabendo que o Rick Grimes vai se desligar do seriado? Essa noticia caiu pra mim como uma bomba, quem seria o novo protagonista? O Daryl? A Michone? Enfim apesar de serem personagens fodas não enxergo protagonismo neles, quem eu enxergava protagonismo, o showrunner matou sem dó nem piedade, TWD é como você falou um seriado promiscuo, lamentável o desrespeito que estão tendo com os fãs... O episodio que você citou é uma verdadeira obra de arte, cara, você não tem noção do quanto eu fiquei angustiado nesse episodio, e interessante que eu já sabia de tudo o que ia acontecer, mas mesmo assim continuei surpreso com a carga dramática pesada desse episodio wow o.O melhor episodio de TWD de fato, depois disso a sétima temporada é um marasmo modorrento, tá um verdadeiro calvário terminar essa temporada, acredita que até hoje não sair do episodio 3 kkkkk

    Caraa terminei Bates Motel há alguns finais de semana atrás, e te digo ainda estou estupefado, Bates Motel foi impecável do inicio ao fim, o seriado acabou me surpreendendo em muitos pontos, adorei principalmente aqueles novos arcos que não existem lá no filme original, acho que tudo aquilo contribuiu para que a historia de Norman Bates ficasse ainda mais rica em detalhes, e o series finale? que coisa magnifica, fugiu do lugar comum, isso foi mais um ponto positivo, enfim, saudades sentirei de Norma e Norman, melhor dupla hahaha

    Boa Lembrança, American Horror Asylum fez historia, foi a melhor temporada, Hannibal é daquelas que penso em um “repeteco” no futuro, foi uma pena ter fim prematuro, não achas? gostaria muito de ver o arco do “Silencio dos Inocentes” na tv... Um outro seriado que eu morro de vontade de rever é Les Revenants, adoro o clima mórbido, inquietante e bem misterioso daquele seriado, aquele series finale ainda me perturba hehehe

    Soube que uma galera não curtiu essa 2ª temporada de 13 Reasons Why, a primeira vista me pareceu um seriado com começo, meio e fim na primeira temporada, é nessa pegada aí? Hum, The 100 eu não passei dos 15 minutos, me passou uma impressão de distopia adolescente tipo The Hunger Games, posso estar enganado, mas eu deixo passar por enquanto rsrs
    Um seriado que eu to curtindo é The Sinner, já viu? A trama parece que vai surpreender, tem uma pegada meio de suspense psicológico, só sei meu caro que assistir 4 episódios numa tacada só, fiquei preso a trama, uma pena que a temporada é só de 8 episódios! :(

    Caraaa se algum dia você quiser assistir um anime, veja Neon Genesis Evangelion, uma obra que defino como: Única, vc ver eu só ia assistir a serie original, terminei vendo até os rebuilds, e claro vi o End of the Evangelion pra dar uma clareada nas ideias kkkk O problema de assistir é Evangelion é que você fica sedento por algo que envolva mechas+ personagens complexos, comecei a ver Knights of Sydonia lá na Netflix, mas já vi que não tem muito futuro por ali rsrs

    Eitaaa pesado msm... acredito que o mangá de Shigurui tenha essa mesma pegada? Rapaz ,Ouço falar muito bem de Vagabond, imagino que folhear o mangá e ouvir uma musica oriental deve dar uma sensação de imersão na historia incrível... preciso qualquer dia desses ler, adoro historias envolvendo o japao feudal. <3

    Certo, depois me fale o que achou de La Casa de Papel :D

    Até a próxima! Abraço!

  • Andy
    Andy

    Eita poxa! Hahaha! Eu AMO coisas psicológicas! Vou colocar na lista e tentar assistir esse mês. =D
    "Psicose", eu comecei a assistir com as minhas amigas quando tinha uns 13 anos, mas ficamos com medo. Hahaha! Só lembro disso. Vou dar uma chance de novo. Não é possível que vou ter medo de um filme tão antigo... Apesar de eu ser fraca para horror, terror, suspense e afins. Geralmente, evito. Hahah!

  • Andy
    Andy

    Eu continuo sendo uma péssima pessoa que demora séculos para responder, sorry. Hahaha!

    Então tá bom, haha. Depois me diz o que achou!

    Já teve anúncio de data para a 2ª temporada? Eu ando meio afastada do universo otaku, daí acabo não sabendo das coisas. Eu assisti legendado. Assistir anime dublado é contra a minha religião (a não ser que seja DBZ ou outro desses que eu vi na infância e não revi depois). =P

    Eu tive a mesma sensação em relação à Hannah. Ao contrário do que eu vi algumas pessoas falando, eu não a achei pouco caristmática. Ao contrário! Não entendo como alguém pode assistir à primeira temporada e NÃO torcer por ela. A Hannah da série é maravilhosa. Digo a "da série" porque a do livro é absolutamente detestável. Você leu?

    Concordo que não foi uma boa ideia a dos roteiristas de fazer o Clay "ver" a Hannah. Especialmente se eles não pretenderem tratar isso como uma doença mental, o que até agora, não fizeram. Quero dizer, se a série é sobre saúde mental, é importante abordar um sintoma tão claro quanto esse. Espero que não me venham com "ah, mas foi licença poética, uma forma de mostrar como o Clay sentia a falta dela e tal". Não. Não pode. Eu realmente espero que abordem isso na próxima temporada.

    Mas discordo sobre as histórias adicionais terem sido algo negativo e só para arrecadar dinheiro. Eu achei importante mostrar que havia outros lados para a história, para não ficar algo tão unilateral. Até porque um fator importante das doenças mentais é que elas distorcem a visão das pessoas. Eu digo isso como uma pessoa que tem uma doença mental (tenho --- ou tive --- transtorno de ansiedade), que escreve profissionalmente sobre saúde mental e que tem vários amigos que têm doenças mentais diferentes. Então, achei interessante mostrarem outros lados para a história da Hannah. Apesar de ter achado mal explorado, mais uma vez. Eu preferiria que em vez de tentar "desmentir" a Hannah, a série tivesse dado um jeito de só mostrar uma perspectiva "externa" dos mesmos fatos, sabe? Mostrando como o Clay via o que estava acontecendo antes de ouvir as fitas, talvez. Teria sido mais interessante.

    Eita. Hahaha! Bom, não boicotar já está bom, por enquanto. Hahah! E sim, não dá pra ignorar que 13RW foi uma história feita para apenas uma temporada. Por enquanto, estou esperando para ver o que vão fazer na terceira, antes de julgar.

    Errou. Errou. Errou. Errou. Eu faço Letras, hahaha! Sou apaixonada por livros, por escrever e pela arte de contar histórias. ♥
    MAS assim que terminar o mestrado que meu amigo me convenceu a fazer ano que vem, eu VOU fazer Psicologia. Quero ter um consultório e atender adolescentes. Junto com publicar o meu livro (no qual estou trabalhando agora), esse é meu sonho. ♥♥
    E pretendo fazer Filosofia depois disso também, por hobby. Então, você não estava tãããão errado assim, haha! E você faz faculdade? Trabalha? =)

    Olha, eu nem te julgo por isso. Aquela Guerra Ninja, com aquele monte de fillers, é um limbo em que muuuuuita gente se perdeu. Eu mesma às vezes me pergunto como aguentei assistir tudo. Mas sim, compensa ver. Mas também acho que não faria diferença se você quiser pular os fillers e ver só os episódios cânon mesmo. Até porque uns 70% dos fillers são reprises de momentos que a gente já viu 840 vezes, tipo a luta do Naruto e do Sasuke no Vale do Fim ou a infância do Gaara. Bem cansativo.

    "Boruto" começou bem lento e num padrão muuuuito aquém do Naruto Clássico. Estava dando preguiça! Mas nos últimos dois meses, o anime teve uma reviravolta e tanto e agora, está MUITO bom! Inicialmente, tinha essa vibe mesmo do Boruto não querer ser reconhecido como "o filho do Hokage" e se ressentir do pai por estar sempre ocupado demais e não lhe dar atenção... Mas com essa reviravolta que eu mencionei, ele parece ter amadurecido bastante.
    Sobre o Naruto estar "infeliz" como Hokage, eu não acho que esse seja o termo. Ele só está cansado. Eu acho que ele não esperava todo o trabalho burocrático que está envolvido com um cargo admnistrativo e tal. E ele tem muito mais desse tipo de trabalho que os hokages anteriores tinham, por causa da aliança ninja e das consequências da Guerra. Mas não acho que ele esteja infeliz, longe disso. E ele também parece ter mudado um pouco com essa reviravolta agora, mas ainda é cedo para dizer.
    Por ora, a melhor coisa desse anime tem sido o Sasuke. A evolução dramática da personagem dele está MARAVILHOSA. Mas eu sou suspeita pra falar do meu marido, acho. Hahahha!

    Assiste SCC mesmo, quando puder! Vale muito a pena. =3

    Nunca vi... É chinês? Eu geralmente só assisto produções japonesas. Mas chinesas ou taiwanesas são aceitáveis. Coreanas, eu me recuso. =X