Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > tucasierra
50 years, Campinas - SP (BRA)
Usuário desde Maio de 2015
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • João Roberto Sierra Filho

    Numa pequena cidade do Texas, na década de 50 (ou seria 60? confesso que não reconheci a época em si), um rapaz humilde e trabalhador se encanta por uma moça rica e a família dela é contra o romance. Só que além da diferença social, tem outro segredo que torna a união dos “pombinhos” mais proibida ainda. Esse romance com história previsível até que estava sendo bem razoável, até que o final apressado pôs tudo a perder com atropelamentos dos acontecimentos. De quebra, a maior curiosidade é ver Matt Dillon bem novinho, antes de atuar nos filmes de Coppola (Vidas Sem Rumo e Selvagem de Motocicleta).

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • João Roberto Sierra Filho

    A atriz Cécile de France faz aqui uma jovem bem humorada, alto-astral e cheia de vida, dessas que ama a avó e cuida dela com muito carinho. E seguindo o conselho de sua avó, ela vai à luta e consegue arranjar um emprego como garçonete num café próximo de uma região nobre em Paris onde se concentram diversos artistas e pessoas bem sucedidas. E nessa rotina de atender os clientes, ela se aproxima de alguns deles e a história basicamente se divide em três partes, de um pianista insatisfeito com a profissão, de uma atriz de novela e teatro que pretende atuar num filme conceituado e de um senhor rico que vai leiloar suas obras de arte. Fazendo lembrar outra personagem otimista famosa (Amelie Poulain), Cécile de France esbanja simpatia numa história leve e agradável. Difícil resistir aos encantos de Paris e seus personagens interessantes.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • João Roberto Sierra Filho

    Por curiosidade, li as críticas de Bacurau aqui do Filmow e quase todos exaltaram o filme. De súbito, fui correndo animado ao cinema conferir a obra com o intuito de tirar minhas conclusões. A história é sobre Bacurau, uma pequena cidade do interior pernambucano que se vê ameaçada por estranhos acontecimentos que trazem violência acentuada contra seus habitantes. E a trama, ao contrário dos anteriores “Som ao Redor” e “Aquarius” (pra lá de monótonos), tem aqui bastante movimento, tem também um suspense crescente em torno de uma história inusitada, cheia de mistérios e surpresas. Estava quase tirando dez quando de repente o filme acabou sem ao menos explicar o motivo dos acontecimentos, algo (irritantemente) recorrente no cinema e que muitos por aí adoram (é cinema autoral, tire suas conclusões, e por aí vai). Será que teremos um “Bacurau 2” pela frente? Não duvido.... E se tiver, irei conferir só pra saber qual será a explicação pra tudo aquilo. Por fim, essa obra é diferenciada sim, mas queria mesmo era um final completo.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Any
    Any

    Obrigada, dei uma espiada rápida na sua lista de favoritos e achei muito legal também. Nela, têm muitos filmes que desejo assistir. Abraços cinéfilos!

  • Amanda
    Amanda

    Concordo João, seria legal poder reunir algumas pessoas pessoalmente, pra mim é até um pouco fácil encontrar pessoas de SP, mas parece que estamos todos sempre na correria aushauh
    Poxa, eu vi sim, inclusive já estou anotando alguns que quero assistir caso não consiga ir. Wildlife, Temporada, Guerra Fria, A casa que Jack construiu, Tarde para morrer jovem e A Favorita, que é de época (amo) e baseada em fatos reais, foram alguns que mais me chamaram atenção. Tenha um excelente final de semana João, abraços!

  • Amanda
    Amanda

    Obrigada por aceitar, João! Gostei muito das suas críticas, em especial porque tinha visto seu comentário no filme Adeus, Christopher Robin e me deixou com muita vontade de assistir, especialmente porque eu não tinha conhecimento da existência do filme hahaha

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.