Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > vanzpeter
28 years, São Paulo (BRA)
Usuário desde Janeiro de 2011
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Vanz Pëter

    Este me surpreendeu ... Eu não tinha ideia do que esperar. O filme tem uma premissa muito simples e direta, o que pode realmente ser enganador porque existem tantas camadas para essa história que são sutis e bem trabalhadas.

    É o conto de um homem, sua esposa e filho. Ele faz algo terrível e observamos sua descida à loucura por toda parte. A direção aqui é fantástica. Somos envolvidos em uma história de culpa, loucura e, finalmente, horror. O ator Thomas Jane interpreta o personagem principal de tal forma que ele quase, digo novamente, quase é simpatizante. Apesar das coisas que ele fez.

    É um fantástico exemplo de quão poderosos filmes de terror podem ser. Não só o escritor-diretor Zak Hilditch emprega uma linda e lenta sensação psicológica para a narrativa com súbitas explosões de horror visceral como também uma trama que avança tão confiantemente através de cenas de diálogo duplicado como acontece em momentos de choque impressionante.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Vanz Pëter

    Um filme que funciona melhor se você começar a vê-lo sabendo o mínimo possível. Tem um senso de humor descaradamente desagradável e malicioso.

    A trama sofre de autoconfiança, convidando-nos a brincar e não levar nada muito a sério, mas também deixa para trás uma trilha de lodo de pontas soltas em sua narrativa. Como não é para ser levado a sério essa subversão do gênero é extremamente divertida e incomoda ao mesmo tempo.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Vanz Pëter

    A biografia do artista finlandês Tom of Finland cujas obras de arte retratam imagens homoeróticas Hiper masculinizadas que inspiraram uma subcultura gay desde a década de 50 e é a escolha da Finlândia para representar Óscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2018. É um capítulo fascinante na história LGBT. Não se ergue exatamente acima de ser uma biografia decente, contudo, cumpre o seu papel de apresentar a obra e a vida do artista.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Nenhum recado para Vanz Pëter.