filmow.com/usuario/willianvasconcellos/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > willianvasconcellos
30 years
Usuário desde Abril de 2014
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Willian

    Eduardo Coutinho é um dos mais conceituados documentaristas do cinema brasileiro, sem delongas. Ele buscou mostrar um Brasil muitas vezes ignorado em detrimento a uma falsa imagem de homogeneização nacional com tamanha honestidade que deveria ser pré-requisito para qualquer documentarista. A sutileza dos movimentos de câmera, o silêncio que diz muito, seguido da fluidez de um raciocínio em conclusão, fazem da direção um meio a parte para um fim, partindo do princípio de não roteirizar, como anunciado no começo do filme: "sem pesquisa prévia, sem personagens, locações nem temas definidos, uma equipe de cinema chega ao sertão da Paraíba em busca de pessoas que tenham histórias para contar". O documentário não falha nessa proposta, mostrando pessoas cheias de memórias e vivências, com relatos que são fontes riquíssimas para a história oral. A morte é um tema recorrente uma vez que, as entrevistas se dão sempre com pessoas idosas e que muitas vezes evocam a temática de maneira natural assim como, a religiosidade mostra-se presente em quase todo o documentário. O filme transborda alteridade e delicadeza, não se fundamenta no princípio mesquinho de "dar voz", pelo contrário, como telespectadores somos a audição, a visão, a fruição e a sensibilidade.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Willian

    Seguramente um dos melhores filmes do Lynch, se não for o melhor. É uma obra prima, destas que serão lembradas por muito tempo e que marcam a história do cinema. É um filme complexo, creio que para a maioria das pessoas é necessário assistir mais de uma vez, assim como foi para mim mas, posso garantir que tudo está lá! Possuí sentido e significado lógico, não são apenas planos montados aleatoriamente como alguns sugerem. Estamos habituados a filmes que não exigem tanta reflexão e que dizem tudo linearmente para nós, este é um pouco diferente neste sentido, quem não gosta de um bom desafio com certeza o detestará. David Lynch é provocador e deixa várias dicas ao longo da trama como, por exemplo, o homem no clube silêncio dizendo "tudo é uma ilusão".

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Minha análise parte do princípio que a personagem de Naomi Watts é na verdade a Diane e não Betty como o começo do filme sugere, assim como, Rita é na verdade Camilla. O final do filme é essencial para a compreensão de que tudo foi um sonho, apesar de parecer um pesadelo, é a mais pura realidade de Diane. Ela estava sonhando durante toda trama com um mundo que ela não podia viver na sua vida real, ao contrário, ela queria esquecer de certas coisas que fez e se arrependeu. É aquela sensação horrível que temos quando acordamos de um sonho muito bom e percebemos que o mundo real não é nada daquilo. A cena da festa na casa do diretor mostra muito bem como é a vida de Diane, os sonhos parecem muito mais atrativos neste sentido. É um filme pesado quando compreendemos, destes que fazem você sentir-se mal em relação a personagem principal, seus medos, arrependimentos e inseguranças. A cena final, do suicídio de Diane, que mostra como ela não conseguiu suportar a dura realidade que vivia e é atormentada pela culpa é de dar calafrios. É exatamente por isso que é muito marcante, quando uma obra de arte mexe de verdade com suas emoções pode ter certeza que é uma boa obra de arte.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Willian

    Excelente filme! Traz a tona questões importantes presentes na sociedade estadunidense com a pena de morte, a pobreza e o racismo que muitas vezes não são mostrados nos filmes que retratam os Estados Unidos.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Além disso, o roteiro ainda conta com um desfecho sensacional, totalmente adverso ao finais convencionais. O desenvolvimento do mesmo se direciona a dois finais clichês: Matthew é inocente e mesmo assim ele é morto ou a irmã Helen consegue provar sua inocência e ele é solto. Acontece que o final não é nenhum destes, o que causa um certo incômodo ao telespectador principalmente aqueles mais habituados aos filmes ditos "block busters".

    Nem vou comentar a excelente atuação de Seann Penn e Susan Sarandon, estes dispensam os meus comentários.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Joyce
    Joyce

    que maravilha hein, depois me diga o que achou ;) curiosa

  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/

  • João Pedro
    João Pedro

    Aeee Wiliião!! :D

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.