Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Vera Fischer
78Número de Fãs

Nascimento: 27 de Novembro de 1951 (66 years)

Blumenau, Santa Catarina - Brasil

Vera Lúcia Fischer (Blumenau, 27 de novembro de 1951) é uma atriz brasileira.

Uma das mais famosas atrizes do país, Vera foi Miss Brasil no ano de 1969, título que lhe deu projeção nacional.
Vera Fischer nasceu em uma família de origem alemã, na cidade de Blumenau, no Vale do Itajaí, Santa Catarina. Em recente autobiografia, Fischer declarou que seu pai era nazista. Vera nunca teve uma boa relação com o pai.

Ainda menor de 18 anos, ganhou projeção nacional quando foi Miss Brasil, em 1969, ela também ficou entre as 15 finalistas do Miss Universo.

Iniciou a carreira como atriz fazendo pornochanchadas, depois passou a fazer telenovelas e outros filmes. No cinema, interpretou personagens de Rubem Fonseca, Plínio Marcos e Nelson Rodrigues.

A beleza física da atriz é um dos seus atrativos. Sendo assim posou nua para a revista Playboy em agosto de 1982 e janeiro de 2000, sendo que nesse último ensaio fez fotos nua em Paris aos 48 anos clicada pelo renomado fotógrafo Bob Wolfenson.

Ao longo de sua carreira, tornou-se uma personalidade polêmica, devido principalmente ao seu conturbado relacionamento com o ator Felipe Camargo (iniciado nos bastidores da novela Mandala, em 1987, quando ainda era casada com Perry Salles), às notórias e violentas brigas com o mesmo, além de seu envolvimento com drogas.

É mãe de dois filhos a atriz Rafaela Fischer (nascida em 1979) com Perry Salles e Gabriel (nascido em 1993) com Felipe Camargo.

Em 1º de setembro de 1993, aos 41 anos, foi capa da Revista Veja - com a chamada de capa O Furacão Loiro aos 40 - sobre o grande momento que vivia em sua carreira profissional na minissérie Agosto, na peça Desejo, de Eugene O'Neill e em Forever, filme sexo-cabeça de Walter Hugo Khouri.

Em 2000, ganhou o prêmio Melhores do Ano - Domingão do Faustão, na categoria Melhor Atriz, por sua atuação como a protagonista Helena, na novela Laços de Família, de Manoel Carlos.

Foi indicada quatro vezes ao Troféu Imprensa, na categoria Melhor Atriz como: Luiza Sampaio em Brilhante em 1981, Jocasta Silveira em Mandala em 1987, Helena em Laços de Família em 2000 e Ivete em O Clone em 2001.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.