Vigilante Rodoviário

1978

Vigilante Rodoviário

Dirigido por:
Média geral 4.5
baseado em 2 votos
Sua avaliação:
salvando
57 minutos

Em 1978, o Ministério da Cultura, através do ministro da Educação Ney Braga e a Embrafilme, resolveram fazer um seriado para televisão. Partindo disso, decidiu-se um projeto que seria feito por 26 diretores e filmes diferentes. O primeiro da fila foi “O Vigilante Rodoviário”. Mas já haviam se passado 17 anos e Carlos Miranda já não se encaixava no papel do inspetor Carlos. Além disso, Lobo já havia morrido.
Assim, um jurado do programa Sílvio Santos foi chamado: Antonio Fonzar, que era o galã do momento. Para o lugar de Lobo, foram utilizados três cães da polícia, cada um com uma habilidade diferente, o que antes era feito por um só. Além disso, ao invés do Simca, o carro utilizado passou a ser um Dodge Dart, adquirido por Ary Fernandes para as filmagens do piloto.
O episódio, colorido, foi feito em 40 dias e teve 1 hora de duração. Porém, apesar de pronto, o projeto foi cancelado e o episódio-piloto nunca foi exibido, devido a problemas enfrentados pelo órgão governamental Embrafilme.
No ano de 2010, após 32 anos de sua produção, o episódio foi especialmente exibido na tevê.
(A capa de divulgação do filme no canal que o transmite é a mesma da série)
Fonte: RetroTv

Estreia Brasil:
1978
Outras datas

Elenco de Vigilante Rodoviário

Denunciar algo errado
Trailers
  • Nenhum trailer cadastrado.
Fotos
  • Nenhuma foto cadastrada.

Comentar: