25 anos, UBERLÂNDIA - MINAS GERAIS / Alegrete - RS (BRA)
Usuário desde Janeiro de 2012
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Amo filmes de paixão e devo ter assistido mais de 1500 filmes em toda minha vida até agora, e pretendo assistir mais.

Adoro filmes de fantasia e ficção científica, mas gosto de todos os gêneros.

Últimas opiniões enviadas

  • João Paulo

    Cara que filme doido, tão estúpido a situação dos protagonistas que chega a ser engraçado, a sequência final a confusão é tamanha que fiquei pensando se o filme era mesmo baseado em fatos reais. Sem Dor, Sem Ganho é uma comédia dark, mas que entretém mesmo sendo um pouco longa as vezes, achei bem dirigida (boa Michael Bay) e imprevisível. As atuações dos protagonistas são ótimas, mas o destaque vai para Tony Shalhoub e Dwayne Johnson (o cara tá hilário). Enfim recomendo.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • João Paulo

    Se você for pensar logicamente A Ressaca é o pior sci-fi de comédia que você já assistiu, mas como eu não pensei dessa forma eu gostei bastante do filme, rachei deles misturando coisas do presente e colocando elas no passado, o elenco é hilário. Clark Duke, Craig Robinson, Rob Coddry e Krispin Glover estão hilários, John Cusack mais ou menos. Enfim A Ressaca é uma comédia divertida que vale a pena pelo elenco e pela premissa divertida.

    Obs:

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Fico imaginando a reação do público real com aquela música massa do Black Eyed Peas tocando naquela época, no filme foi divertido.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • João Paulo

    Seguindo o comentário que fiz do volume 1, como eu tinha dito este volume 2 me desapontou um pouco, as ideias deixadas no final do volume 1 eram muito boas, mas ai o diretor mudou a tonalidade da história e o filme perdeu um pouco da força. Ninfomaníaca Volume 2 continua com as mesmas metáforas e poesias do primeiro filme, só que com aura mais sombria, aos poucos o filme vai perdendo o tom lúdico e acaba ficando mais real e perigoso, isso fica evidente tantos nos personagens, quando na fotografia mais suja que se apresenta. O maior trunfo da parte 1 que era o ritmo alucinante e intrigante, talvez seja o principal defeito da parte 2 que fica mais datada e um pouco mais lenta, mas ai entra a mão do Von Trier, que prefere usar o trunfo de chocar o espectador deixando-o na expectativa numa forma de levar a narrativa até sua conclusão, que caso não seja 100% satisfatória ela revela a verdadeira natureza doentia, deprimente e sadomasoquista de sua protagonista, aliás, Charlotte Gainsbourg está melhor neste filme, demonstrando uma Joe que tem todo o controle da situação, mas que ainda assim apresenta uma inocência latente em não abraçar seu lado mal (como no caso da arma). Outro coisa que vale ressaltar é o personagem Seligman, que no primeiro filme se mostrou a peça chave do longa trazendo um olhar científico (

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    aqui sendo revelado como assexuado, bela sacada, afinal ele seria imparcial para ouvir e não julgar a história louca da Joe

    ), mas aqui neste filme o personagem sofre uma transformação muito drástica, querendo apreciar seu experimento científico de forma física levando a surpreendente cena final, afinal Joe teve um impacto muito forte nele. Enfim Ninformaníaca Volume 2 poderia ser o complemento de uma obra prima iniciado no primeiro volume, mas resolveu tomar um caminho diferente, onde em certos pontos o diretor acabou repetindo fórmulas já usadas em seus outros trabalhos (ainda que adicione elementos novos interessantes), juntando isso aos defeitos de ritmo já citado e a resolução mais ou menos de ideia que começaram intrigantes, o filme pode ser dito como bom, mas que poderia render muito mais.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.