25 years, UBERLÂNDIA - MINAS GERAIS / Alegrete - RS (BRA)
Usuário desde Janeiro de 2012
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Amo filmes de paixão e devo ter assistido mais de 1500 filmes em toda minha vida até agora, e pretendo assistir mais.

Adoro filmes de fantasia e ficção científica, mas gosto de todos os gêneros.

Últimas opiniões enviadas

  • João Paulo

    Filmaço, daqueles que te prende do início ao fim, mais pelas performances e pela produção incrível é claro. Iñarritu não esconde que fez a mesma escola que Cuáron, com estilo de filmagem que tem planos bacanas quase sem cortes, dando ao espectador a dimensão do teatro e dos bastidores da peça encenada no filme, outra qualidade é a câmera próxima ao rosto dos personagens pegando cada emoção de seus rostos, . O elenco é um caso a parte, mas se destacam realmente Michael Keaton (sumido, mas que agora voltou com tudo) numa performance visceral, excêntrica, profunda e ao mesmo tempo hilária, ele representa muitos atores hollywoodianos que a todo tempo tentam provar que podem atuar em papéis diversificados e é claro conseguir um papel que deixará marcado na história e tirá-los das sombras de um sucesso do passado. Outra ótima performance é de Edward Norton, o cara rouba várias cenas com mérito, ele e Keaton em cena é excelente, assim como Emma Stone que também entrega uma ótima performance. Enfim Birdman é um filmaço, mistura muito bem a crítica ao cinema e teatro trazendo o realismo fantástico na medida, cheio de ótimas atuações, trilha sonora excelente, fotografia magnifica e direção impecável, o filme de longe é um dos melhores do ano passado. Recomendação máxima.

    Obs: Um filme cheio de belas mulheres, além de Emma Stone, temos as lindas Naomi Watts (cara como sou apaixonado por ela), Amy Ryan e Andrea Riseborough.
    Obs: As cenas com Birdman são fenomenais cara, principalmente aquela próxima ao final do terceiro ato.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • João Paulo

    O Observador é um filme interessante, mas devo dizer que não é o melhor do gênero, no entanto consegue prender atenção até o fim, o estilo investigativo e James Spader como protagonista são o que tornam o longa bom, Keanu Reeves como serial killer foi ok, mas poderia ser melhor. O filme tem um pequeno suspense até sua metade, mas depois disto começa a ficar um pouco previsível, mas não chega atrapalhar o resultado final. Enfim O Observador é um thriller de suspense, que nem sempre consegue funcionar como um, mas ainda assim é bem sucedido ao trazer uma história interessante e boas atuações.

    Obs: Eu tinha assistido esse filme até a metade quando eu era pequeno, mas só agora conseguir assistir inteiro.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • João Paulo

    Sin City: A Dama Fatal é um ótimo filme, talvez tenham demorado demais para fazer a sequência e o filme tenha perdido bastante de seu hype, mas devo dizer que a sequência realmente é bem feita e tão boa quanto o primeiro filme, o que mais gostei aqui foi o ritmo do filme, que no primeiro era bastante cadenciado, neste já se viu uma melhora grande. O elenco é incrível e apesar de algumas mudanças de personagens (Mamute que era feito pelo falecido Michael Clarke Duncan e agora Dennis Haysbert assume o papel, ou Josh Brolin no lugar do Clive Owen fazendo o Dwight) a introdução de alguns novos misturado com o rosto de velhos conhecidos ficou bacana. Sobre a história talvez fique difícil para se saber um pouco da ordem cronológica de cada evento devido o diretor não nomear as histórias como fizeram no primeiro, talvez para dar uma noção de filme mesmo e menos de quadrinhos,

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    mas você consegue perceber que a história do Dwight e da Dama Fatal se passa antes de algumas histórias do primeiro filme (A Grande Matança por exemplo), a história do Johnny se passa depois, assim como a história da Nancy. Enfim Sin City: A Dama Fatal tem uma produção impecável e uma fotografia ainda mais deslumbrante que a do primeiro filme, cheio de belas mulheres, ação, reviravoltas, traições e ainda uma direção exemplar de Robert Rodriguez e Frank Miller, para quem gosta deste estilo que mistura quadrinhos e um visual meio noir, o filme é um prato cheio.

    Recomendo.

    Obs: Gostaria muito de ver o Robert Rodriguez dirigindo um filme de mais 150 milhões de dólares, o cara sempre manda bem na direção.
    Obs: Eva Green meu Deus, toda vez que essa mulher aparece sem roupa é como se fosse um grande evento no ano, em 2014 ela apareceu duas vezes, mal posso esperar por 2015 então. Juno Temple é gatinha sem roupa também.
    Obs: Pena que acho que não vai rolar o terceiro filme depois do fracasso deste na bilheteria.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.