Bloqueio: A Guerra Contra Cuba

2005

Bloqueo: La guerra contra cuba

Média geral 4.3
baseado em 25 votos
Sua avaliação:
salvando
18 - Não recomendado para menores de 18 anos 70 minutos

Este documentário mostra as agressões que Cuba vem sofrendo por parte dos Estados Unidos desde o início de sua Revolução. Também poderemos constatar a firmeza e a determinação do povo cubano e de seus líderes em não se render às pressões exercidas pela maior potência econômica e militar do planeta em todos os tempos. Por mais de 50 anos, o povo de Cuba vem sendo obrigado a suportar o maior embargo econômico já exercido sobre qualquer país na história da humanidade. Tudo isso, sem mencionar os atos de sabotagem que visam destruir seus meios de produção com vista a causar-lhe escassez de alimentos e outros recursos e, consequentemente, gerar a fome e miséria entre sua população; assim como a prática de terrorismo direto, chegando inclusive ao ponto de introduzir artificialmente no país vetores de gravíssimas doenças que atacam tanto os habitantes humanos como os animais e a vegetação. No entanto, Cuba dá um exemplo para a toda a humanidade de que é possível resistir vitoriosamente a toda essa monstruosa agressão imperialista quando um povo está dotado de consciência política, determinação de luta e organização, e é comandado por uma liderança representativa, capaz, coerente e abnegada. Nenhum país do mundo sofre as dificuldades que Cuba tem que passar para conseguir as coisas mais elementares para levar adiante o dia a dia de sua gente. O objetivo do imperialismo estadunidense (e de seus defensores em outros países) sempre foi o de impedir que Cuba pudesse desenvolver seu modelo de organização social independente de modo normal. O que queriam era evitar que outros países do Terceiro Mundo decidissem se espelhar em Cuba e trilhar o mesmo caminho.

Estreia Mundial:
2005
Outras datas

Elenco de Bloqueio: A Guerra Contra Cuba

Nenhum.
Denunciar algo errado
Em DVD
Trailers
  • Nenhum trailer cadastrado.
Fotos
  • Nenhuma foto cadastrada.

Comentar: