Silvio Tendler

Local de Nascimento: Rio de Janeiro

Pais: Brasil

Sexo: Masculino

Biografia

ineasta, produtor e cineclubista carioca, nascido em 1950. Em 1970, saiu do Brasil para viver no Chile, e de lá foi para a França estudar cinema no Institut des Hautes Études Cinématographiques (IDHEC), em Paris. Fez cursos do cineasta Jean Rouch e foi assistente de direção de Chris Marker no filme La spirale (1973/75). Em 1976, já de volta ao Brasil, começou a reunir material para o documentário Os anos JK, uma trajetória política, finalizado em 1980, vencedor do prêmio de melhor montagem no Festival de Gramado e ganhador do troféu Margarida de Prata, da CNBB. Após este filme, dirigiu propagandas políticas de partidos de esquerda e foi chamado para dirigir programas para televisão da Rede Manchete. Em 1981 dirigiu O mundo mágico dos Trapalhões, a maior bilheteria da história do cinema documentário brasileiro. Em seguida, realizou mais uma cinebiografia, Jango (1984), longa vencedor do prêmio especial do júri nos festivais de Havana, Gramado e no Festiv
al Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano de Cuba. Em 1992, atuou na direção da minissérie de sucesso Anos Rebeldes, da Rede Globo. Em 2004, realizou a biografia Glauber, o filme – Labirinto do Brasil, filme selecionado para exibição hors concours no Festival de Cannes. Em 2009, lançou Utopia e Barbárie, projeto que levou 19 anos para ser completado, com material filmado em mais de 13 países. Em 2010, dirigiu Tancredo, a travessia, documentário sobre o ex-presidente Tancredo Neves, completando sua trilogia de documentários biográficos de estadistas brasileiros. Em 2005, recebeu o Prêmio Salvador Allende no Festival de Trieste, Itália, pelo conjunto de sua obra. Foi presidente da Federação de Cineclubes do Rio de Janeiro e da Associação Brasileira de Cineastas. Atuou ainda como diretor da TV Brasília e como secretário de cultura e esporte do governo Cristóvão Buarque, em Brasília. Em 1997, assumiu a Coordenação de Audiovisual para o Brasil e o
Mercosul, da Unesco, onde permanece como consultor na área. Deste 1978, leciona no curso de comunicação social da PUC-Rio.