Você está em
  1. > Home
  2. > Filmes
  3. > Civilização:a história do ocidente?
Média geral 3.7
baseado em 3 votos

Ficha técnica completa


Título Civilization: Is the West History? (Original)
Ano produção 2011
Dirigido por
Estreia
2011 ( Brasil )
Outras datas
Duração 240 minutos
Classificação L - Livre para todos os públicos
Gênero
Países de Origem

Sinopse

Niall Ferguson pergunta por que foi a civilização ocidental, a partir de raízes nefastas no século 15, que passou a dominar o resto do mundo, e se o Ocidente está prestes a ser ultrapassado pelo resto do mundo.

Ferguson revela os fatores responsáveis pelo sucesso do Ocidente: A concorrência, a ciência, a propriedade, a democracia, medicina moderna, a sociedade de consumo, e a ética protestante do trabalho. A explicação real de como, por cinco séculos, uma minoria da humanidade conseguiu garantir a maior parte dos recursos da terra.

As conclusões de Ferguson são surpreendentes e provocativas. Ele revela que, enquanto os fatores foram finalmente incorporadas pelo resto do mundo, a civilização ocidental perdeu a fé em si mesma. E que essa perda de auto-confiança é a maior ameaça à continuidade da sua predominância.

Episódio 1: Competição

O primeiro programa da série começa em 1420 quando a China da dinastia Ming reivindicou justificadamente o título de civilização mais avançada do mundo.
A Inglaterra às vésperas da Guerra das Rosas teria parecido muito primitiva em contraste. No entanto, a liderança que a China havia estabelecido em tecnologia não podia ser traduzida em crescimento econômico sustentado. Na China, um império monolítico sufocava a expansão colonial e a inovação econômica. Na Europa, a divisão política gerou competição. A questão para o nosso próprio tempo é se perdemos ou não essa vantagem competitiva para uma Ásia que ascende rapidamente.

Episódio 2: Ciência

Episódio 3: Propriedade

Professor Ferguson pergunta por que a América do Norte foi bem sucedida, enquanto a América do Sul ficou para trás durante tantos séculos. As duas tinham muito em comum (como a subjugação dos povos indígenas e o uso da escravidão por imigrantes europeus), mas divergiam profundamente sobre os direitos individuais de propriedade, o Estado de direito e o governo representativo. Houveram duas revoluções contra o domínio real entre 1776 e 1820, mas Simon Bolívar nunca foi capaz de ser George Washington, e a América Latina manteve-se politicamente fragmentada, socialmente dividida e economicamente atrasada, mesmo quando os Estados Unidos assumiam sua posição de liderança global. Contudo, Niall Ferguson pergunta se o Norte e o Sul estão convergindo hoje, linguística e economicamente

Episódio 4: Medicina

Episódio 5: Consumismo

Episódio 6: Trabalho

Elenco

Nenhum.