Conexão Cuba Honduras

2012

Conexão Cuba Honduras

Média geral 0.0
baseado em 0 votos
Sua avaliação:
salvando
105 minutos

Um filme de Dado Galvão sobre Liberdade de Expressão e Direitos Humanos.
Yoani Sánchez (blogueira e escritora), Reinaldo Escobar (jornalista, esposo de Yoani) lutam em Cuba com seus blogs, por liberdade de expressão. Mulheres que formam o grupo “Damas de Branco” saem pelas ruas de Havana no (Dia Internacional dos Direitos Humanos) reivindicam pacificamente respeito aos direitos humanos e liberdade na ilha (elas são perseguidas nas ruas por cubanos, pró-governo).
Ativistas na clandestinidade espalhados por todo país, formam uma grande rede denominada de Conselho de Ativistas de Direitos Humanos de Cuba, coordenada por Juan Carlos, cego e advogado.
No Brasil o senador Eduardo Suplicy faz várias tentativas junto ao governo brasileiro para que Sánchez consiga autorização do governo cubano para vir ao Brasil, em sua última tentativa ele escreve uma carta para o ex-presidente Fidel Casto.
HONDURAS
Em 28 de junho de 2009 o presidente constitucional hondurenho Manuel Zelaya, é retirado à força do poder pelo exército, assume a presidência da República Roberto Micheletti, no mesmo dia a emissora de televisão (CANAL 36) foi militarizada e todos os seus equipamentos aprendidos.
Esdras Amado López (diretor, e o mais popular jornalista do canal) narra a perseguição sofrida pelo então governo de Micheletti, e sua luta pela reabertura do Canal 36. (com imagens cedidas gentilmente pelo Canal).
O Canal 36 foi um dos primeiros meios de comunicação a informar (21/09/09) que o presidente Zelaya tinha entrado clandestinamente em Honduras e estava na embaixada do Brasil em Tegucigalpa (Honduras) sendo o canal acusado de promover terrorismo midiático.

Estreia Brasil:
2012
Outras datas

Elenco de Conexão Cuba Honduras

Nenhum.
Denunciar algo errado
Em DVD
Trailers
Fotos
  • Nenhuma foto cadastrada.

Comentar: