Dias de dissídio

2013

Dias de dissídio

Média geral 4.5
baseado em 4 votos
Sua avaliação:
salvando
L - Livre para todos os públicos 49 minutos

Dias de Dissídio é um documentário que apresenta como sua temática principal o transporte público da cidade de Porto Alegre e o surgimento de um grupo de pessoas organizadas na intenção de barrar os aumentos sucessivos da passagem de ônibus e de tornar o transporte coletivo urbano realmente público e de qualidade para todas pesssoas.
A ideia inicial era apresentar um filme de 15 minutos, contendo informações referentes ao transporte na cidade e a profissão de rodoviário. Através da Frente Autônoma, parte do Bloco de Lutas por um Transporte Público, tivemos contato com o cobrador de ônibus da Carris e membro da CUT (Central Única dos Trabalhadores) Luis Felipe Maciel. Conversamos com Luis e marcamos uma data para que fosse gravado seu depoimento, juntamente com o depoimento de seu colega, Afonso Martins, motorista da Carris, membro da CUT e conselheiro de transportes na EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) e conselheiro no COMTU (Conselho Municipal de Transporte Urbano).
O filme conseguiu abranger não somente o lado dos trabalhadores rodoviários e suas reivindicações junto aos patrões, mas também o surgimento de um bloco de pessoas organizadas na luta por um transporte público e de qualidade e ainda faz um apanhado de vários movimentos sociais que vem surgindo na cidade de Porto Alegre.
Nunca se pensou em fazer média-metragem, no entanto, após análise do material ficou claro que além de tratar do tema transporte público, denunciando algumas de suas irregularidades, o material que tínhamos em mãos servia também como forma de registrar para a memória da cidade um período muito importante de sua história recente. Muito do que se vê no filme veio de nossa interação com os entrevistados, muitas perguntas surgiram na hora da gravação. Valendo lembrar que grande parte das imagens utilizadas nos inserts nos foram cedidas, muito tranquilamente, pelo Coletivo Catarse e por cidadãos autônomos. Sem essa ajuda o filme não seria viável em seus mais de cinquenta minutos.

Esperamos com esse filme enriquecer o debate sobre o transporte público em Porto Alegre, incentivar mais pessoas para participarem das manifestações e criarem também blocos de lutas em suas cidades para exigir que o povo seja ouvido, independentemente da causa e da forma de se protestar. Democracia não se resume a votar de dois em dois anos, as pessoas precisam participar constatemente da criação do lugar onde moram e de um futuro melhor onde quer que estejamos.

Sabemos muito bem que as nossas urgências não cabem nas urnas. E se nossas urgências só recaem sobre ouvidos surdos de governantes e politiqueiros que ou são burros ou são oportunistas, que elas sejam ouvidas nas ruas. E que façamos cada vez mais barulho. Só desse jeito, lutando pelos direitos que já deveriam ser nossos e nos são roubados todos dias, que podemos ajudar a mudar as coisas e assim conseguir compartilhar alegria e felicidade com todas pessoas.

Estreia Mundial:
27 de Abril de 2013
Outras datas

Elenco de Dias de dissídio

Nenhum.
Denunciar algo errado
Em DVD
Trailers
Fotos

Comentar: