E! True Hollywood Story: Lindsay Lohan

2005

E! True Hollywood Story: Lindsay Lohan

Outros títulos
  • La Verdadera Historia de Lindsay Lohan - México
Média geral 3.2
baseado em 4 votos
Sua avaliação:
salvando

Lindsay Lohan começou a carreira como modelo infantil, antes do seu primeiro filme, Operação Cupido. Lohan ganhou uma fama maior ainda ao protagonizar filmes de grande sucesso de bilheteria, sendo eles Sexta-Feira muito Louca, Meninas Malvadas e Herbie, Meu Fusca Turbinado.Sua carreira foi interrompida em 2007, depois de ter sido pega duas vezes dirigindo alcoolizada e ter se internado três vezes em clínicas de reabilitação, o que acabou prejudicando seu trabalho no cinema e na música. Na música, vendeu 10 milhões de discos no mundo todo, sendo uma das mais bem - sucedidas artistas Disney da história. Em 21 filmes em que atuou, 11 foram como protagonistas, e seus filmes faturaram quase 700 milhões de dólares, convertendo Lindsay na atriz mais rentável com menos de 24 anos. Em maio de 2007, foi lançado o drama Ela é a Poderosa, no qual Lohan atuou ao lado das atrizes Felicity Huffman e Jane Fonda. Durante as filmagens do filme em 2006, Lohan foi hospitalizada, e sua agente disse que ela estava "superaquecida e desidratada". Em 2010 se esperava o lançamento do novo filme de Lindsay, Machete, no qual ela interpreta uma socialite. O filme já tinha ganhado polêmica por causa de uma cena em que Lindsay aparece com os seios à mostra. Em maio de 2010, entretanto, Lindsay faltou à sua audiência em Beverly Hills e por isso teve que usar um bracelete que detecta o nível de álcool no sangue. Há tempo vem tendo problemas com drogas e álcool, motivo pelo qual queria que 2010 fosse um ano de recomeço para ela. Em julho , foi finalmente condenada a noventa dias de prisão por ter faltado às aulas de reabilitação. Após cumprir parte do tempo de prisão, Lindsay foi internada compulsoriamente em uma clínica de reabilitação. Os médicos abreviaram os noventa dias de internação porque consideraram seus problemas com anfetamina e bipolaridade menos graves do que se pensava. Entretanto, em setembro, não passou no teste periódico de dosagem sanguínea de drogas e foi presa novamente, com sentença a cumprir até 22 de outubro. Em seu Twitter, a atriz confessou pela primeira vez ser usuária de drogas e pediu a ajuda dos fãs. Em 24 de setembro, ela pagou fiança de 300 mil dólares e obteve liberdade condicional, mas não poderia frequentar clubes noturnos nem ter contato com usuários de drogas. Ela se internou por vontade própria na clínica Betty Ford. Em sua casa na clínica, Lindsay recebeu ameaças e telefonemas de um homem desconhecido, o que acabou fazendo com que ela se mudasse para outra casa da clínica e sua segurança foi reforçada. O homem misterioso também havia dado ligações anônimas para os pais de Lindsay. O FBI começou a investigar o caso. Em 2011, Lindsay foi acusada de roubar um colar numa joalheria e teve que ponderar aceitar uma nova pena de dezenove dias por meio de um acordo judicial que evitaria um julgamento mais longo e uma pena mais severa90 . Contudo, Lindsay já está cotada para dois filmes, Superman - O Homem de Aço e One Night With You (em que pode contracenar com Taylor Swift), e com um confirmado: Gotti: Three Generations, que começará a ser filmado em outubro de 2011. Em 23 de abril, Lindsay, após sofrer condenação de 120 dias de prisão pelo roubo do colar, conseguiu pagar fiança de 75 mil dólares e a determinação de cumprir 480 horas de trabalho comunitário em duas instituições. Entretanto, teve que passar cinco horas na prisão e, segundo amigos, estava com medo de precisar ficar quatro meses desta vez. Ela esperava ser liberada na audiência, mas se surpreendeu com o encaminhamento à penitenciária. Nesse mesmo ano, a juíza Stephanie Sautner - responsável pelo julgamento de Lohan, condenou que ela trabalhasse em um necrotério. Lohan teria que trabalhar como faxineira no local, e frequentar sessões de psicoterapia judicial. Durante o seu trabalho no necrotério, Lohan teve audições com a sua juíza Stephanie Sautner, que a elogiava por cumprir o trabalho no necrotério e as sessões de psicoterapia. Ela disse que Lohan precisava viver uma vida mais madura, e se concentrar mais no seu trabalho, e continuou: "O agente da condicional está satisfeito com seu progresso. Você parece estar recolocando sua vida nos trilhos, e é isso que todos nós esperávamos"; "Nunca foi nosso objetivo simplesmente colocar as pessoas na cadeia, gostamos de ver... mudança, e acho que todos nós a vimos". No dia 29 de março de 2012, a juíza Stephanie Sautner encerrou a liberdade condicional de Lohan, depois que ela cumpriu as 120 horas de trabalho no necrotério e as sessões de psicoterapia judicial.98 Deixando ela livre para trabalhar no filme Liz & Dick.

Estreia Mundial:
2005
Outras datas
Denunciar algo errado
Trailers
  • Nenhum trailer cadastrado.
Fotos
  • Nenhuma foto cadastrada.

Comentar: