Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Emmanuel Lubezki

Emmanuel Lubezki

Nomes Alternativos: Emmanuel Lubezki Morgenstern

236Número de Fãs

Nascimento: (52)

Cidade do México - México

Diretor de fotografia mexicano conhecido por suas técnicas inovadoras e estilo característico.

Nasceu numa família de judeus, seu pai era o ator Muni Lubezki. Ele começou sua carreira no cinema mexicano e em produções televisivas do final dos anos 1980, como a série cult de terror, La Hora Marcada (1986). Sua primeira produção nos Estados Unidos foi o filme independente Twenty Bucks (1993), que seguia a jornada de uma única nota de vinte dólares.

Ele trabalhou com o cineasta mexicano Alfonso Cuarón em cinco filmes: Sólo con tu Pareja (1991), A Little Princess (1995), Great Expectations (1998), Y Tu Mamá También (2001) e Children of Men (2006). Lubezki e Cuarón são amigos desde adolescentes, tendo cursado a mesma universidade, a Universidade Nacional Autónoma do México.

A colaboração de Lubezki com Cuarón em Children of Men recebeu aclamação universal. O filme utilizou um grande número de novas tecnologias e técnicas distintas. A cena da "emboscada da estrada" foi filmada em uma tomada estendida utilizando um aparelho de câmera especial inventado pelos sistemas Doggicam, desenvolvida a partir do sistema Power Slide da companhia. Para a cena, um veículo foi modificado para permitir que os acentos se inclinassem e abaixassem os atores para fora do caminho da câmera. O pará-brisas do carro foi criado para permitir que a câmera se movesse para dentro e para fora do vidro. Um equipe de quatro pessoas, incluindo Lubezki, iam no teto do carro. Children of Men também possui um sequência de batalha de sete minutos e meio composta por cinco edições imperceptíveis, uma técnica raramente utilizada.

Lubezki trabalhou com vários renomados diretores, incluindo Mike Nichols (The Birdcage, 1996), Tim Burton (Sleepy Hollow, 1999), Michael Mann (Ali, 2001), Terrence Malick (The New World, 2005; The Tree of Life, 2011), Martin Scorsese (Shine a Light, 2007, como operador de câmera sob a supervisão de Robert Richardson) e os Irmãos Coen (Burn After Reading, 2008). Ele já foi indicado a quatro Oscars de Melhor Fotografia.