Extranjera

2007

Extranjera

Média geral 2.8
baseado em 2 votos
Sua avaliação:
salvando
90 minutos

(Uma versão livre de Ifigênia em Aulis de Eurípedes).

Vivemos no presente só por uma questão de hábito; a partir desa hipótese, "Extranjera" articula uma série de momentos transcorridos em umas poucas horas que separam uma jovem de sua morte anunciada.
De repente, o tempo e o espaço tornaram-se estranhos, compondo uma nova realidade a condição de se tornar, esta mesma, estrangeira em sua própria terra.
Extranjera se pergunta pela dignidade de uma jovem que se vê obrigada a partir, encarnando as vozes desta despedida no eco da sede e da pedra.

O tema deste filme é baseado no mito de Ifigênia, recontado por diversos poetas gregos, no qual a jovem deve ser sacrificada pelo bem de sua comunidade. Nesta livre adaptação um grupo de pessoas, incluindo uma família, anda por campos sem água e o chefe religioso acredita que sacrificando sua filha todos serão poupados e encontrarão o que procuram. Durante o transcorrer da história acompanha-se o drama desta jovem e de sua mãe que tenta ajudá-la. Entretanto os personagens são impenetráveis, não se sabe o que pensam e o que sentem com clareza.

O filme dialoga além do mito grego e da analogia entre a seca do local e a que colaborou com a degradação dos templos gregos, com outra civilização, a dos cometingones, povo originário da região de Córdoba, Argentina, por meio das vestimentas usadas pelos personagens. Além disso as marcas do tempo ficam sempre presentes por conta da locação ser muito antiga.
Esta obra foi utilizada por diversos grupos de teatro do mundo todo como símbolo para uma forma de protesto pacífico contra a guerra do Iraque, pois Ésquilo, um dos poetas que recontou a história de Ifigênia, foi contra a guerra do Peloponeso.

Estreia Brasil:
2007
Outras datas
Denunciar algo errado
Em DVD
Trailers
Fotos

Comentar: