Falando com os Mortos

2013

Falando com os Mortos

Dirigido por:
Média geral 0.0
baseado em 0 votos
Sua avaliação:
salvando
L - Livre para todos os públicos 240 minutos

O Livro Falando com os Mortos, que aborda a historia das irmãs Fox virará filme.
A Cinetica Filmes, do roteirista Wagner Assis, e a Migdal Filmes, da cineasta Iafa
Britz compraram os direitos de Barbara Weisberg. O projeto já está em desenvolvimento.
A obra retrata a história real das irmãs Kate e Maggie Fox que provocaram grandes
repercussões ao revelar que conseguiam se comunicar com espíritos. O livro, bem
recebido pela crítica, conta com pesquisa por parte da autora das análises psicológicas e
culturais sobre as jovens e a família Fox, além de estudar o local e a época em que viveram.

Em meados do século XIX, as irmãs Kate e Maggie Fox, de 11 e 14 anos, descobriram um dom: elas eram capazes de se comunicar com espíritos. As meninas, que viviam na zona rural do estado de Nova York, causaram tumulto e, em pouco tempo, reuniram uma multidão de fieis. A biografia das jovens que deram origem ao espiritualismo moderno é narrada em Falando com os mortos: as irmãs americanas e o surgimento do espiritismo (Editora Agir), de Barbara Weisberg, que chega ao Brasil após grande sucesso nos Estados Unidos.
Em março de 1848, Kate e Maggie relataram pela primeira vez que ouviam vozes e ruídos inexplicáveis. Com a continuação dos sons misteriosos, reforçou-se a teoria de que eles eram produzidos por espíritos. Logo, as meninas Fox ficaram conhecidas por falarem com os mortos e começaram a fazer aparições públicas transmitindo mensagens do mundo espiritual. Debates sobre a autenticidade das comunicações sobrenaturais comoveram os Estados Unidos. Nas quatro décadas que se seguiram, as irmãs se tornaram mundialmente famosas. Porém, devido à perseguição de grupos religiosos, as duas declararam que tudo fora um engano. Em seguida, no entanto, elas reafirmaram o contato com os seres desencarnados.
Por meio de uma pesquisa extensa, a jornalista realizou análises psicológicas e culturais sobre as jovens e a família Fox, além de estudar o local e a época em que viveram. Segundo a revista americana Vanity Fair, Barbara levanta o espectro de duas cativantes irmãs que convenceram os EUA de que elas falavam com os mortos”. Já para o jornal Los Angeles Times, o livro fornece “um admirável contexto social das desventuras das meninas mediums, e um vívido senso de suas personalidades”.
Nenhum cientista ou teólogo foi capaz de provar a fraude. De acordo com a autora, a obra não pretende julgar as irmãs Fox. Para ela, é mais importante avaliar a participação de Katie e Maggie no movimento espiritualista e o contexto histórico que permitiu o desenvolvimento desse fenômeno. “Olhar para a história das delas é como espiar dentro de um caleidoscópio: a configuração nunca é a mesma; ela muda dependendo do ângulo do prisma e da maneira como as peças parecem se encaixar”. Além do comovente relato biográfico, Falando com os mortos promove uma profunda reflexão sobre religião, fé e as circunstâncias do surgimento do moderno espiritualismo.

Estreia Brasil:
2013
Outras datas

Elenco de Falando com os Mortos

Nenhum.
Denunciar algo errado
Em DVD
Trailers
  • Nenhum trailer cadastrado.
Fotos
  • Nenhuma foto cadastrada.

Comentar: