I Bienal do Samba

1968

I Bienal do Samba

Média geral 4.5
baseado em 3 votos
Sua avaliação:
salvando

1968 1ª BIENAL DO SAMBA
Aproveitando o sucesso de seus programas musicais e festivais de música Popular Brasileira, TV Record (canal 7 San Pablo) organiza para o mês de maio esta Bienal que tem uma edição de primeira e única.
Ao contrário de outros festivais, dando oportunidade para novos artistas, a Bienal só convidados famosos sambistas para competir com faixas inéditas.
No teatro Record-centro, são Paulo (ex-Teatro Paramount) teve lugar.
Com três rodadas de playoffs (11, 18 e 25 Maio) e fim em 1 de junho de 1968.
Em cada rodada de eliminação, ele presta homenagem a uma referência do samba.
primeira rodada: Noel Rosa por Aracy de Almeida
2ª rodada: Sinhô de Chico Buarque
3ª rodada: Ary Barroso por Cyro Monteiro
Vencedores
1º lugar: LAPINHA (Baden Powell / Paulo César Pinheiro) Elis Regina
2º lugar: BOM TEMPO (Chico Buarque de Hollanda) Chico Buarque de Hollanda
3º lugar: medalha de Marília PRESSENTIMENTO (Elton Medeiros/Hermínio Bello de Carvalho)
4º lugar: canto CHORADO (Billy branco), Jair Rodrigues e Os empadas Samba
5º lugar: tiva, SIM (Cartola) Ciro Monteiro
6º lugar: COISAS DO MUNDO, MINHA NEGA (Paulinho da Viola) Jair Rodrigues
MARINA (Synval Silva) Noite ilustrada
QUEM DERA (Sidney Miller) MPB-4
Quando A polícia Sex (João da Baiana) Clementina de Jesus
LUANDALUAR (Sergio Ricardo) Marília Medalha
Eu protesto, MEU AMOR (Pixinguinha/Hermínio Bello de Carvalho) Neide Mariarrosa
RAINHA, Marcia PORTA BANDEIRA (Edu Lobo/Ruy Guerra)

A Bienal do Samba foi um festival de música popular brasileira promovido pela TV Record e realizado em duas edições (1968 e 1971, este aqui de 1968). Tinha como parâmetros de avaliação o voto do júri e o conjunto da obra do compositor.

Estreia Brasil:
1968
Outras datas
Denunciar algo errado
Trailers
Fotos

Comentar: