Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Joracy Camargo
0Número de Fãs

Nascimento: 18 de Outubro de 1898 (74 years)

Falecimento: 11 de Março de 1973

Rio de Janeiro, Brasil

Jornalista, cronista, professor e teatrólogo brasileiro nascido no Rio de Janeiro, RJ, que escreveu a primeira peça teatral brasileira encenada no exterior, Deus lhe pague (1932), história de um mendigo que resolve vingar-se da sociedade. Filho de João Drummond Camargo e de Julieta Schafflor Camargo, fez o curso primário na Escola Ramiz Galvão e o ginásio no Colégio Americano-Brasileiro e no Ginásio Federal e formou-se em ciências jurídicas e comerciais pelo Instituto Comercial do Rio de Janeiro. Iniciou sua vida pública (1916) como funcionário das Obras Novas contra os Secas, com exercício no interior de Pernambuco, mas regressou ao Rio no ano seguinte, exercendo outros cargos burocráticos. Passou a integrar (1919) a redação de O Imparcial, do qual se afastou (1920) para colaborar com João do Rio na fundação de A Pátria. Como redator desse jornal, passou a interessar-se pelas letras teatrais. Dedicando-se exclusivamente ao jornalismo, iniciou sua carreira literária (1930) com argumentos para novelas radiofônicas. Como delegado do Brasil, participou dos congressos internacionais de autores e compositores, realizados em diversos países (1935-1966) e participou da Conferência Diplomática de Estocolmo (1967) para a revisão da Convenção de Berna para a Propriedade Intelectual. Seu grande sucesso Deus lhe pague, foi representada mais de 14.000 vezes no Brasil, além das montagens de amadores e de uma versão para o cinema, feita na Argentina. Outras peças do autor foram Menina dos olhos (1928), Anastácio (1936), Maria Cachucha (1937) e Figueira do inferno (1954). Eleito para a Academia Brasileira de Letras (1967), para a Cadeira n. 32, na sucessão de Viriato Correia, foi também professor de teatro, letrista de música popular e um batalhador pelos direitos autorais dos autores brasileiros, e faleceu no Rio de Janeiro.