Renato Russo Sinfônico

2013

Renato Russo Sinfônico

Média geral 3.0
baseado em 1 votos
Sua avaliação:
salvando

No dia 29 de junho de 2013, 45 mil pessoas compareceram ao espetáculo “Renato Russo Sinfônico”, no recém reformado Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. Foi o maior público registrado até então, em um show realizado em local fechado na Capital Federal.

Por meio de uma tecnologia de vanguarda, o líder da Legião Urbana voltou aos palcos numa performance exclusiva. O Renato Russo holográfico, primeiro holograma da América do Sul, foi criado pela empresa americana V Squared Labs, a mesma que levou o rapper Tupac Shakur de volta ao palco, no festival Coachella, em 2012.

O evento marcou a inauguração da Arena Multiuso do Distrito Federal e teve participação da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional de Brasília (OSTNB), sob a regência do maestro Claudio Cohen, e de 14 intérpretes de grande prestígio nacional: Zélia Duncan, Fernanda Takai, Ellén Oleria, Lobão, Alexandre Carlo (Natiruts), Ivete Sangalo, André Gonzales (Móveis Coloniais de Acaju), Zizi e Luiza Possi, Hamilton de Holanda, Jerry Adriani, Jorge Du Peixe (Nação Zumbi), Sandra de Sá e a violinista norte-americana Ann Marie Calhoun.

Com arranjos de Arthur Verocai, cada artista convidado interpretou uma música, acompanhados de uma banda de músicos de destaque no rock nacional. Fred Nascimento, que tocou com a Legião e Renato por quase 10 anos (guitarra, violão e backing vocals), Fred Castro, ex-Raimundos (bateria), Flavia Couri, dos Autoramas (baixo), Marcela Vale (guitarra) e Luciano Lopes (teclados).

Conduzindo o time, o ator Fabrício Boliveira, que interpretou o João de Santo Cristo no filme Faroeste Caboclo, foi o mestre de cerimônia. O evento, que também foi transmitido ao vivo pelo canal Multishow, teve coordenação de produção de Giuliano Manfredini, direção artística de Rafeal Ramos, cenografia de Andrey Hermuche, imagens do VJ Alexandre Rangel e discotecagem do Coletivo Criolina.

O espetáculo produzido pela Legião Urbana Produções foi a concretização de um sonho de Renato Russo, cuja morte em 1996 o impediu de realizar. Ele planejava uma apresentação regida pelo maestro Silvio Barbato (ex-regente da OSTNB, falecido no acidente da Air France), com uma grande orquestra.Fundada em 1979 pelo maestro Cláudio Santoro, a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional já realizou milhares de concertos, temporadas de ópera e ballet. Acompanhou artistas nacionais e internacionais e realizou turnês por Portugal, Itália, Cuba e Coréia.

Estreia Brasil:
29 de Junho de 2013
Outras datas
Denunciar algo errado
Trailers
  • Nenhum trailer cadastrado.
Fotos
  • Nenhuma foto cadastrada.

Comentar: