Tattoo Nation

2013

Tattoo Nation

Média geral 4.5
baseado em 7 votos
Sua avaliação:
salvando

No dia 4 de abril estreou, nos EUA, o documentário “Tattoo Nation”, dirigido por Eric Schwartz e com roteiro de John Corry e Marc Jabukowicz. A película conta a história do estilo black & grey, desde o seu surgimento nas prisões até os dias atuais, como um dos estilos mais elaborados da tatuagem moderna. O filme procura mostrar como alguns chicanos conseguiram, mesmo de dentro das prisões, exercer um grande impacto no mundo da tatuagem.

Seguindo a trajetória de três lendas, Charlie Cartwright, Jack Rudy e Freddy Negrete, o diretor oferece um panorama sobre a cultura pachuco, dos membros de gangue hispânicas, e como esses indivíduos se dispunham a passar pelo doloroso procedimento rudimentar da tatuagem nos presídios para ostentar, em seus corpos, desenhos de traços finos que retratavam seu modo de vida e os rostos de mulheres e familiares.

Numa época em que a tatuagem era ilegal, a perseverança de alguns profissionais se mostrou fundamental para a permanência e evolução da arte. O primeiro estúdio a ser aberto numa comunidade chicana, em 1975, por Charlie Cartwright e Jack Rudy, ficava no coração da zona leste de Los Angeles e representava uma nova forma de expressão para uma subcultura marginalizada que crescia exponencialmente em território americano. Contratando um adolescente que acabara de sair em condicional, Cartwright e Rudy não imaginavam que aquele sujeito se tornaria o grande representante de um estilo icônico e diferenciado. Seu nome era Freddy Negrete.

Segundo Freddy, sua primeira máquina de tatuagem foi feita com o motor de um gravador de fitas cassete e a agulha era uma corda de violão lixada. Enquanto os tatuadores já estabelecidos como Ed Hardy e o próprio Cartwright viajavam e ganhavam fama, Negrete desenvolvia sua própria estética, com um traçado extremamente fino, feito com apenas uma agulha – provavelmente porque não lhe era possível soldar agulhas na prisão. Ele acabou sendo o primeiro chicano a ser contratado por um estúdio profissional, alçando sua técnica e influenciando todas as gerações posteriores!

O documentário traz ainda entrevistas com outros antigos profissionais respeitados, alguns trabalhando – e ganhando prêmios – até hoje, além de famosos tatuados como Danny Trejo (astro do filme “Machete” e colecionador das tatuagens black & gray) e Travis Barker (baterista do Blink 182). A narração fica por conta de outro tatuador famoso, Corey Miller.

A notícia ruim é que não há previsão para lançamento do filme aqui no Brasil, e pode ser que isso nem aconteça. Felizmente, a internet tá aí e logo logo teremos como baixar uma cópia legendada!

Estreia Mundial:
4 de Abril de 2013
Outras datas

Elenco de Tattoo Nation

Denunciar algo errado
Em DVD
Trailers
Fotos
  • Nenhuma foto cadastrada.

Comentar: