Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Alicia Vikander
1450Número de Fãs

Nascimento: 3 de Outubro de 1988 (29 years)

Gothenburg, Västra Götalands län - Suécia

Alicia nasceu em Gutemburgo e é filha de Maria Fahl Vikander, uma atriz de teatro e de Svante Vikander, um psiquiatra. Os seus pais são de pequenas vilas do norte e do sul da Suécia respetivamente. Eles separaram-se quando Alicia tinha cinco meses de idade e ela foi criada maioritariamente pela mãe solteira. Ela tem cinco irmãos do lado do pai. Enquanto crescia, Alicia afirma ter tido o melhor de dois mundos por ser filha única do lado da mãe e por estar rodeada por uma família grande quando visitava o pai.

Ela aprendeu ballet na Escola do Ballet Real Sueco a partir dos 9 anos em Gotemburgo. Aos 15 anos, Alicia mudou-se para Estocolmo para treinar na escola superior de ballet. Lá viveu sozinha e tinha como obejtivo tornar-se bailarina principal.

Alicia participou em vários musicais na Ópera de Gotemburgo incluindo The Sound of Music e Les Misérables e participou em vários cursos de verão um pouco por todo o mundo incluindo na Escola de Ballet Americano. Com 16 anos Alicia esteve quase a desistir da escola para se dedicar a tempo inteiro a uma série de televisão realizada por Tomas Alfredson. No final da adolescência, Alicia deixou a dança de parte devido a várias lesões e acabou por se dedicar a candidatar-se a escolas de teatro, porém foi rejeitada por duas vezes. A certa altura, Alicia considerou estudar Direito na universidade, mas não chegou a frequentar nenhuma aula uma vez que começou a ter algum sucesso como atriz.

Alicia começou a carreira com papéis em curtas-metragens e séries de televisão na Suécia. Começou a ser reconhecida internacionalmente na série sueca Andra Avenyn (2008–2011). O seu primeiro papel no cinema surgiu em 2010 quando protagonizou o filme sueco Till det som är vackert. Alicia interpreta o papel de Katarina, uma secretária que tenta desesperadamente escapar da sua vida. O filme valeu-lhe o prémio de Estrela em Ascenção no Festival de Cinema de Estocolmo, o prémio Shooting Star do Festival Internacional de Cinema de Berlim e o Guldbagge Award de Melhor Atriz. Em 2011, Alicia protagonizou o filme Kronjuvelerna com Bill Skarsgård. No filme, Alicia interpreta o papel de Fragancia Fernandez, uma mulher presa por uma tentativa de homicídio.

Em 2012, Alicia participou no seu primeiro filme em língua inglesa: a adaptação ao cinema de Anna Karenina do realizador Joe Wright e protagonizada por Keira Knightley e Aaron Taylor-Johnson. O filme estreou no Festival de Cinema de Toronto e recebeu críticas positivas. Ela interpreta o papel de Kitty, o interesse amoroso da personagem de Domhnall Gleeson. Ainda nesse ano, Alicia protagonizou o filme dinamarquês O Amante da Rainha, onde interpreta o papel de rainha Carolina Matilda da Dinamarca e contracena com Mads Mikkelsen. O filme estreou no Festival de Berlim e recebeu críticas bastante positivas. No ano seguinte foi nomeado para os Óscares na categoria de Melhor Filme de Língua Estrangeira. Já Alicia foi nomeada para o BAFTA Rising Star Award.

Em 2013, Alicia interpretou Anke Domscheit-Berg, um membro do Partido Pirata no filme The Fifth Estate, uma dramatização da história do site Wikileaks e do seu fundador, Julian Assange (Benedict Cumberbatch). O filme, que estreou no Festival de Cinema de Toronto, recebeu críticas mistas. Ainda nesse ano, Alicia protagonizou o filme sueco Hotell. O seu desempenho valeu-lhe o prémio de Melhor Atriz no Festival Internacional de Cinema de Marraquexe cujo júri foi presidido pelo realizador Martin Scorsese.

Em 2014, a atriz participou em Son of a Gun, um thriller australiano protagonizado por Ewan McGregor e Brenton Thwaites. Protagonizou ainda o filme britânico Testament of Youth com Kit Harington. O filme segue a história de Vera Brittain (Alicia), uma mulher britânica que recorda o seu amadurecimento durante a Primeira Guerra Mundial. Este papel valeu-lhe uma nomeação para o prémio BIFA na categoria de Melhor Atriz.

2015 foi o ano de maior sucesso da atriz até agora. Entre papéis de protagonista e secundários, estrearam seis filmes que contaram com a sua participação. O primeiro, The Seventh Son estreou em janeiro e Alicia interpreta o papel de Alice Deane uma mulher meia humana e meia bruxa. Em Ex Machina, Alicia interpreta o papel de Ava, um robot com inteligência artificial. O papel valeu-lhe uma segunda nomeação com o prémio BIFA e conta ainda com Domhnall Gleeson e Oscar Isaac nos principais papéis. Alicia também foi protagonista, com Henry Cavill e Armie Hammer, do filme de ação The Man from U.N.C.L.E., baseado na série de televisão homónima de 1964. O filme estreou em agosto nos Estados Unidos e Alicia tem o papel de Gaby, a filha de um alegado cientista nazi. A atriz teve um papel secundário no filme Burnt, protagonizado por Bradley Cooper e Sienna Miller.

Em novembro estreou The Danish Girl, um filme realizado por Tom Hooper No filme, Alicia interpreta o papel de Gerda Wegener, a esposa de Einar Wegner (Eddie Redmayne), mais tarde, Lili Elbe, a primeira pessoa a submeter-se a uma cirurgia de redesignação sexual.

Os projetos futuros de Alicia incluem Tulip Fever com realização de Justin Chadwick e que protagoniza com Dane DeHaan e Christoph Waltz; a adaptação ao cinema do romance The Light Between Oceans, onde contracena com Michael Fassbender e Rachel Weisz; e o quinto filme da saga Bourne realizado por Paul Greengrass.

Em 2016, ganhou o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante pelo filme "A garota dinamarquesa".