Média geral 3.2
baseado em 14 votos
Sua avaliação:
salvando

Na década de 1970, ainda se falava em ditadura, comunismo e repressão. Rosário, uma pequena cidade localizada no Rio Grande do Sul, convive com as transformações políticas e sociais da época.
Dona Anja foi uma esposa que não agüentou ter apenas a companhia do marido. Quando ele morreu, ela abriu um bordel, que foi "aceito" pelas famílias da cidade. Figuras "ilustres", como políticos, o delegado, o médico e o professor, entre outros, iam com freqüência à sua casa. Esta medíocre elite municipal, identificada com o regime militar, acompanhava a votação do divórcio na casa da cafetina, e, simultaneamente com a bolinação das prostitutas, faziam discursos pela indissolubilidade do casamento e pela manutenção dos mais sagrados valores da família e da propriedade.
O prefeito corrupto, Coronel Quineu Castilhos, amante "oficial" de Dona Anja, também freqüentava assiduamente a casa dela e preservava em sua residência sua imagem de machista e marido fiel. Seu adversário é o Delegado Ritilho, que desconfia de todos e passa o tempo perseguindo comunistas e lutando para manter a moral dos moradores locais.

Estreia Brasil:
1996
Outras datas
Denunciar algo errado
Em DVD
Trailers
Fotos
  • Nenhuma foto cadastrada.

Comentar: