Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Joaquim Haickel
1Número de Fãs

Nascimento: 13 de Dezembro de 1959 (58 years)

São Luís, Maranhão

Formou-se em Advocacia pela Universidade Federal do Maranhão em 1984.
Escritor, seu primeiro livro, “Confissões de uma Caneta”, escrito em 1975 só foi lançado em 1980. Trata-se de uma coletânea de contos premiados no concurso cidade de São Luis.
Em 81 lançou “O Quinto Cavaleiro”, poemas.
Em 82, foi a vez de “Garrafa de ilusões”, livro de contos premiado no concurso SECMA/SIOGE/Civilização Brasileira.
“Manuscritos”, seu segundo livros de poemas, foi lançado em 83, quando também começou a editar a revista Guarnicê, semanário artístico e cultural que ele publicou até 86.
Ainda em 84 lançou a “Antologia de Poética Guarnicê”. Em 85 foi a vez da “Antologia Erótica Guarnicê” e em 86 o livro de contos “Clara Cor de Rosa”.
Depois de uma pausa editorial, em 89, lançou o livro de poemas “Saltério de Três Cordas”.
Em 1990, ele lança pela Editora Global, o livro de contos “A Ponte”. Foi aplaudidíssimo por escritores e críticos como José Louzeiro, Artur da Távola e Nelson Werneck Sodré entre outros.
Também no setor artístico, Joaquim co-produziu e co-dirigiu o curta-metragem experimental “The Best Friend - O Amigão”, produção em super-8 que conquistou os prêmios de melhor filme do júri popular e melhor filme maranhense do júri oficial, no festival de cinema e vídeo realizado pela Universidade Federal do Maranhão em 1984.
Em 2003, na comemoração aos vinte anos da revista Guarnicê, a Clara Editora e as Edições Guarnicê, publicaram o Almanaque Guarnicê, uma espécie de ensaio-entrevista-reportagem onde narra a trajetória do semanário e de seus idealizadores.