Os Diabos Vermelhos

1923

Красные дьяволята

Outros títulos
  • Os pequenos diabos vermelhos - Brasil
  • Little Red Devils - Estados Unidos da América
  • Red Devils - Estados Unidos da América
  • The Red Imps - Estados Unidos da América
  • Krasnye dyavolyata - Rússia
Dirigido por:
Média geral 2.0
baseado em 1 votos
Sua avaliação:
salvando
84 minutos

Adaptação do livro “Diabos vermelhos” [Красные дьяволята] de Pavel Blyakhin [Павел Бляхин]. O filme foi lançado no mesmo período da publicação da obra literária, em 1923. O soviético-georgiano Perestiani [Перестиани] foi ator de Yevgeni Bauer e dirigiu filmes de 1917 a 37, sendo responsável por "Fortaleza de Suram" em 22.

Crianças atuam como heroínas lutando na cavalaria e Exército Vermelho durante a Guerra Civil Russa nas proximidades do sul ucraniano. O menino Misha lê livros de James Fenimore Cooper e a menina Dunyasha lê "The Gadfly" de Voynich; ambos juntam-se ao artista de rua, de pele negra e exótico, Tom Jackson para deter a invasão de sua vila pelo bando de Makhnó.
Nestor Makhnó [Makhno] foi "líder anarco-comunista ucraniano, se negou a se submeter ao governo bolchevique após a Revolução de Outubro, sendo um dos principais figurantes da Revolução Ucraniana. Constituiu o Exército Insurgente Makhnovista, de princípios anarquistas, que combateu o Exército Branco que tentou invadir a Ucrânia durante a Guerra Civil Russa, tendo eventualmente se aliado ao Exército Vermelho dos bolcheviques para tanto. Finda a guerra civil, sua milícia foi declarada ilegal e seus membros foram presos, deportados ou executados" (BROIDO).

O livro teve uma segunda adaptação para o cinema em 1966 no gênero "western soviético" (Ostern) com 4 heróis chamado ‘Neulovimye mstiteli’ [Неуловимые мстители], que pode ser traduzido como “The Elusive Avengers”, “Os Vingadores Elusivos/ Intocáveis/Incapturáveis”; seu sucesso rendeu uma trilogia toda dirigida pelo armênio Keosayan.

Estreia Mundial:
1923
Outras datas

Elenco de Os Diabos Vermelhos

Mais
Denunciar algo errado
Trailers
Fotos

Comentar: