Pollyana Moça

1958

Pollyana Moça

Dirigido por:
Média geral 3.2
baseado em 3 votos
Sua avaliação:
salvando
L - Livre para todos os públicos

O sucesso do romance Pollyanna, publicado pela primeira vez em 1913, foi tão grande que a autora, Eleanor H. Porter, logo escreveu uma continuação, editada em 1915. Essa seqüência das histórias de Pollyanna também chegou a nossa televisão no formato de uma telenovela em 1958.
Ainda com direção de Júlio Gouvêa e adaptação de Tatiana Belinsky, a telenovela infanto-juvenil Pollyanna Moça mostrava que a fama de pessoa especial da menina vai além dos limites de Beldingsville, a cidadezinha onde vive com Tia Polly. Pollyanna recebe um convite especial para passar uma temporada em outra cidade com uma amiga da família, e de novo a garota terá pela frente o desafio de curar os males da alma de quem sofre.
Pollyanna (Verinha Darci), agora mais velha, é uma adolescente linda e gentil que continua ensinando a todos o seu "Jogo do Contente", onde segundo as regras de Pollyanna, tudo tinha seu lado bom e mesmo nas piores situações poderíamos ver um motivo para sorrir de novo.
Nesta continuação de suas aventuras, Pollyanna não irá apenas conviver com pessoas fascinantes e conquistar novas amizades. Ela também encontrará o amor e conhecerá a inquietação, as dúvidas e as emoções de tirar o fôlego pelas quais passam todas as jovens apaixonadas.

Estreia Brasil:
1958
Outras datas
Denunciar algo errado
Trailers
  • Nenhum trailer cadastrado.
Fotos
  • Nenhuma foto cadastrada.

Comentar: