The Callas Conversations

2004

The Callas Conversations

Média geral 4.5
baseado em 1 votos
Sua avaliação:
salvando
119 minutos

O filme oferece alguns vislumbres raros e fascinantes de Maria Callas, cuja vida e arte estão bem documentados por livros e registros, mas nem tanto em formatos de vídeo. O que está documentado aqui é principalmente Maria como o assunto da entrevista, não a Callas atriz de ópera que paralisa o público com sua presença visual. As duas entrevistas de 1968 para a BBC são suas aparições mais importantes na televisão. Suas conversas com George Lascelles deixam-na completamente à vontade. Eles discutem o seu início de carreira (como Isolde e Brunnhilde, acredite ou não), sua conversão ao bel canto, o maestro Tullio Serafin que foi seu mentor, seu estilo vocal e seus pontos de vista (muitas vezes surpreendentes) em seus mais conhecidos papéis. Amostras de seu canto estão espalhadas através das entrevistas em gravações de áudio artisticamente ligados com fotos estáticas. Também incluí sua entrevista de 1965 com o crítico e organista Bernard Gavoty e três árias ("Adieu, notre petite table", "Ah, mirarti não credea", e "O mio Babbino caro") em concertos realizados por Georges Prêtre. Este segmento é mais formal e menos revelador do que as conversas com Harewood, mas vale a pena ver. As árias são bem cantadas, fora de fantasia e com atuação mínima, exceto para expressões faciais.

Estreia Mundial:
4 de Maio de 2004
Outras datas

Elenco de The Callas Conversations

Denunciar algo errado
Trailers
  • Nenhum trailer cadastrado.
Fotos
  • Nenhuma foto cadastrada.

Comentar: