filmow.com/usuario/ofilmedehoje/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > ofilmedehoje

Usuária desde Janeiro de 2016
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • O FILME DE HOJE

    Uma vez eu achei que esse era o filme da minha vida... MAS EU NUNCA ESTIVE TÃO ERRADA. Percebi que estava romantizando algo que não deveria, que estava presa a um fantasma do passado e esquecendo de viver a melhor parte do meu "AGORA".

    Se eu pudesse dar um presente para as pessoas... seria o de colocar na cabeça delas que Ex(qq tipo de ex) bom é "Ex-trogonofe", "Ex-mirnoff", "Ex-kol Beats"...
    E se eu pudesse dar outro presente, seria o de passar um mês com o tal "falecido"... pois acreditem, aquela pessoa do passado que você endeusa, NÃO EXISTE... ela é só parte da sua fértil e tola imaginação!

    Na vida real, o Jesse é apenas um cara casado, com um filho, e que está tentando "jantar" fora... Vamos acordar para a vida, galera!

    Segue o baile!!!

    Agora falando sério... Tirando o DESABAFO acima... O FILME É MARAVILHOSO, com diálogos riquíssimos!

    Diálogos:

    “Quando você é jovem, acredita que vai se ligar em muitas pessoas. Mais tarde na vida, você percebe que só acontece algumas vezes.”(Celine)

    "Eu tenho esses sonhos, você sabe! Que estou numa plataforma e você fica passando em um trem e.. você passa e passa e passa e passa, e eu acordo ensopado de suor, sabe? E eu tenho esse outro sonho, em que você está grávida numa cama ao meu lado, nua , e eu quero tanto te tocar mas você me diz pra não tocar e você vira pro lado. E, eu toco do mesmo jeito, no seu tornozelo e sua pele é tão macia que eu acordo em prantos, tá bem? E minha mulher está ali sentada perto olhando pra mim, e eu me sinto um milhão de milhas dela. E eu sei que tem algo errado, Você sabe! Que eu não posso continuar vivendo assim, que tem que ter algo a mais que apenas amor e compromisso...Mas daí eu penso que sou eu que estou desistindo de toda essa idéia romântica, que eu deveria deixá-la na cama naquele dia em que você estava lá! E sabe? eu acho que acabei fazendo isso." (Jesse)

    "Acho que ninguém muda. Ninguém quer reconhecer, mas nascemos com referências e nada que acontece com a gente muda nossas tendências. […] Li um estudo sobre gente que ganhou na loteria e gente que ficou paraplégica. Imaginamos que um ficaria eufórico e o outro, com tendências suicidas. Mas o estudo mostra que, depois de seis meses, assim que as pessoas se adaptam à sua nova situação continuam a ser como eram. […] Se eram pessoas otimistas e alegres se tornam pessoas otimistas em cadeiras de rodas. Se forem chatas e imbecis, se tornam chatas e imbecis com casas e carros novos.” (Jesse)

    “Não querer nada não é sintoma de depressão? Isto é, é saudável sentir desejo, certo? Sinto-me viva ao querer algo além do que preciso para sobreviver. Desejar intimidade com alguém, ou um par de sapatos, é lindo. É bom sentir que nossos desejos se renovam, não é?” (Celine)

    "Jesse: Lembro mais daquela noite do que de todos os anos que vivi.
    Celine: Fico feliz que você diga isso, porque sempre sinto que sou anormal por não conseguir seguir em frente. As pessoas têm um caso, ou até relacionamentos, terminam e esquecem tudo. Muda como trocam de marca de cereal. Sinto que não esqueço as pessoas com as quais estive porque cada uma tem qualidades específicas. Não dá para substituir ninguém. O que foi perdido está perdido. […] Não se pode substituir ninguém porque todo mundo é uma soma de pequenos e belos detalhes. Lembro que a sua barba tem fios avermelhados e que o sol os fez brilhar naquela manhã, um pouco antes de você partir. Lembrei disso, e senti saudades."

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • O FILME DE HOJE

    Difícil de acreditar, mas... ESTRANHOS TAMBÉM AMAM, ou ao menos se esforçam para isso!!!

    Tipo de filme que não tem meio termo... ou se ama, ou se odeia... Por total identificação, resolvi amá-lo!

    Para os que estão em dificuldade de entender alguns significados do filme, segue a MINHA interpretação:

    Matadouro:

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Embora o significado exato do cenário do filme nunca seja esboçado, certamente há paralelos a serem estabelecidos entre as vidas emocionais atrofiadas dos protagonistas e o ambiente áspero, higienizado e insensível do matadouro.

    Sonhos

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Creio que seja uma forma metafórica de dizer que os dois querem a mesma coisa, e têm muito em comum, que são almas-gêmeas.

    E, de fato, cada um interpreta da forma que quer... A própria diretora diz que seguiu sua intuição, e que o mais importante é o significado do Matadouro. Vejam parta da entrevista com Ildikó:

    “Entendo que as pessoas se sintam mais confortáveis colocando o filme na vertente de Jung, porque a ideia do sonho realmente parece embasada na sua crença num inconsciente comum que nos conecta. Conheço um pouco de psicanálise, mas meu processo, nesse caso, foi muito mais intuitivo. Depois de quatro ou cinco projetos frustrados, eu sentia, intimamente, a necessidade de expressar minha crença. Em quê? No humano. O filme nasceu do encontro dos personagens com um lugar. Um homem, uma mulher. Carregam suas feridas. Seu espaço comum é o matadouro de animais. Creio que o matadouro, mais até que o sonho, foi a chave de tudo.”

    Final:

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Os dois se amam cada um ao seu jeito, e ambos aceitam isso... O amor não muda ninguém, mas aceita qualquer coisa em prol de uma felicidade maior.

    Por que não sonham mais?

    Não precisam... encontraram na vida real, exatamente o que queriam!

    Trilha Sonora

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Significa a lacração de uma boa diretora! rssss

    What He Wrote
    Forgive me hera, I cannot stay
    He cut out my tongue, there is nothing to save
    Love me oh lord, he threw me away
    He laughed at my sins, in his arms I must stay
    He wrote, I'm broke, please send for me
    But I am broken too and spoken for, do not tempt me

    Her skin is white and I'm light as the sun
    So holy light shines on the things you have done
    So I asked him how he became this man
    How did he learn to hold fruit in his hands
    And where is the lamb that gave you your name
    He had to leave though I begged him to stay
    Left me alone when I needed the light
    Fell to my knees I wept for my life
    If he had of stayed you might understand
    If he had of stayed you never would have never taken my hand
    He wrote I am low please send for me
    But I am broken too and spoken for, do not tempt me

    And where is the lamb that gave you your name
    He had to leave though I begged him to stay
    Begged him to stay in my cold wooden grip
    Begged him to stay by the light of this ship
    Me fighting him fighting light fighting dawn
    The waves came and stole him and took him to war
    He wrote I'm broke, please send for me
    But I am broken too, and spoken for, do not tempt me

    Forgive me hera, I cannot stay
    He cut out my tongue, there is nothing to save
    Love me oh lord, he threw me away
    He laughed at my sins, in his arms I must stay
    He wrote, that's all right, I miss his smell
    We speak when spoken to, that suits us well
    That suits us well, that suits me well.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Nenhum recado para O FILME DE HOJE.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.