Wicked, Wicked

1973

Wicked, Wicked

Outros títulos
  • O Fantasma do Grande Hotel - Portugal
Dirigido por:
Média geral 3.9
baseado em 4 votos
Sua avaliação:
salvando
95 minutos

Em vários filmes do Brian DePalma, do Tarantino e de outros mestres, chega um momento em que a tela se divide em duas partes, cada uma delas mostrando um acontecimento diferente. Agora imagine ver um filme inteiro com esta técnica da tela dividida no meio (a chamada "split-screen"), cada metade exibindo ações simultâneas. Pois assim era WICKED, WICKED, filme dirigido por Richard L. Bare e o único da história do cinema com a técnica batizada de "Duo-Vision". O trailer anunciava com emoção: "A nova técnica cinematográfica que não requer o uso de óculos ou de qualquer outro equipamento além dos seus olhos. O dobro de tensão, o dobro de horror!". A trama é sobre um psicopata mascarado que mata e mutila loiras num hotel. O "gimmick" era o fato de o espectador ser convidado a acompanhar ações simultâneas e os "pensamentos" do protagonista através do "Duo-Vision". Enquanto na metade da esquerda era exibida a ação principal do filme, na segunda metade passavam flashbacks, um outro ponto de vista da ação principal (tipo o ponto de vista da vítima do assassino), ou mesmo premonições do futuro! Quando havia diálogos numa das metades da tela, a outra metade ficava silenciosa.
O sistema "Duo-Vision" teve vida curta: durou apenas este filme! Posteriormente, DePalma, Tarantino e outros diretores usaram a técnica de "split-screen", mas com bastante moderação. Parece que ver o filme inteiro com a tela dividida era muito cansativo, uma tortura para os espectadores do cinema, que ficavam completamente perdidos, sem saber para qual metade olhar. Imagine ver hoje, então, na tela pequena da TV!

Estreia Mundial:
13 de Junho de 1973
Outras datas

Elenco de Wicked, Wicked

Mais
Denunciar algo errado
Em DVD
Trailers
Fotos
  • Nenhuma foto cadastrada.

Comentar: