Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > William Boyd (I)

William Boyd (I)

Nomes Alternativos: William Lawrence Boyd

2Número de Fãs

Nascimento: 5 de Junho de 1895 (77 years)

Falecimento: 12 de Setembro de 1972

Hendrysburg, Ohio - Estados Unidos da América

William Lawrence Boyd (Cambridge, 5 de junho de 1895 - Laguna Beach, 12 de setembro de 1972) foi um ator estadunidense que se tornou conhecido por interpretar o cowboy Hopalong Cassidy em dezenas de faroestes B entre as décadas de 1930 e 1950.

Filho de lavrador, William Boyd perdeu os pais ainda na adolescência. Depois de abandonar a escola e exercer várias profissões, chegou ao cinema em 1920, como extra em Por que Trocar de Esposa? (Why Change Your Wife?) de Cecil B. DeMille. Muitos filmes depois, várias vezes creditado como Bill Boyd, já era dono de uma carreira promissora, que lhe rendia cem mil dólares por ano. No entanto, tudo isso ruiu de repente: um ator de teatro homônimo foi preso em uma festa, acusado de suspeita de orgia sexual, porte de uísque contrabandeado e material de jogo. Um jornal confundiu os atores, o que levou à quebra de seu contrato. Isso, mais a Depressão e o cinema falado levaram-no ao alcoolismo e deram um basta à sua carreira, que só voltou a reerguer-se em 1935, quando conseguiu o papel-título do filme Vida e Aventura (Hop-a-Long Cassidy), primeiro da série que o tornaria famoso.

Após sessenta e seis fitas como Hopalong Cassidy e com o fim da era dos faroestes B, Boyd rendeu-se à televisão, onde fez cinqüenta e dois episódios de trinta minutos com o personagem. Tendo adquirido todos os direitos de comercialização dos filmes, ele os negociou com o canal NBC, além de abrir a empresa Hopalong Cassidy Enterprises, responsável pela venda de inúmeros artigos com o nome de Cassidy. Boyd apareceu no cinema pela última vez em outro filme de Cecil B. DeMille, O Maior Espetáculo da Terra (The Greatest Show on Earth, 1952), vestido com as roupas de Cassidy, em um cena de parada dos artistas do circo.

Casou-se quatro vezes, sempre com atrizes: Ruth Miller (1921 - 1924), Elinor Fair (1926 - 1929), Dorothy Sebastian (1931 - 1935) e Grace Bradley (1937 - 1972). Com esta última passou a levar uma vida reclusa, pois sua saúde foi se deteriorando aos poucos e ele queria que seus fãs se lembrassem dele tal como aparecia nas telas. Morreu em 12 de setembro de 1972, vítima do Mal de Parkinson e complicações do coração.

Em 1942, a Fawcett Comics adquiriu os direitos para publicar histórias em quadrinhos de Hopalong Cassidy, em 1950, a editora lançou uma revista baseada no próprio Boyd, "Bill Boyd Western", a exemplo do que ocorreu com os atores Tom Mix, Gene Autry, Tim Holt, Rex Allen, Rocky Lane, entre outros.

Cônjuge: Grace Bradley (de 1937 a 1972), Dorothy Sebastian (de 1930 a 1936), Elinor Fair (de 1926 a 1929), Ruth Miller (de 1921 a 1924), Laura Maynard (de 1917 a 1921)