Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

    Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Beatrice Straight
6Número de Fãs

Nascimento: 2 de Agosto de 1914 (86 years)

Falecimento: 10 de Abril de 2001

Old Westbury, Estados Unidos - Estados Unidos da América

Nasceu em Old Westbury, Nova Iorque, filha do investidor de bancos Willard Dickerman Straight e de Dorothy Payne Whitney. Tinha quatro anos quando seu pai morreu na França vítima de gripe durante a Gripe Espanhola enquanto servia o Exército dos Estados Unidos durante a Primeira Guerra Mundial.
Ficando junto com sua mãe, ao seu segundo casamento com o britânico engenheiro agrônomo Leonard K. Elmhirst em 1925, a família se mudou para Inglaterra. Foi lá que Beatrice foi educada e começou a atuar em produções de teatro amador.
Retornando aos Estados Unidos, ela fez sua estreia na Broadway em 1939 no espetáculo The Possessed. A maioria dos seus trabalhos no teatro foram clássicos, incluindo Twelfth Night, de 1941, Macbeth, e The Crucible, em 1953, pelo qual ganhou o Tony Award de melhor atriz em espetáculo.
Straight foi ativa nos primórdios da televisão, aparecendo em uma série de antologias, como Armstrong Circle Theatre, Hallmark Hall of Fame, Kraft Television Theatre, Studio One, The United States Steel Hour, Playhouse 90, e Alfred Hitchcock Presents e séries dramáticas como Dr. Kildare, Ben Casey, The Defenders, 66, Mission: Impossible, e St. Elsewhere.
Beatrice não trabalhou muito no cinema, mas é lembrada pelo papel de uma esposa arrasada, enfrentando a infidelidade de seu marido William Holden, em Network, de 1976. Ela ganhou o Oscar de melhor atriz coadjuvante pelo seu desempenho, que em 5 minutos e 40 segundos continua sendo a mais curta participação a ganhar o Oscar.
Outros papéis importantes na televisão e no cinema inclui o papel da mãe da personagem de Lynda Carter na série Mulher-Maravilha e Marion Hillyard, o gelo, a mãe controladora de Stephen Collins em The Promise. Ela também interpretou a investigadora paranormal Drª. Martha Lesh no filme Poltergeist, de 1982, o papel mais amplamente visto de sua carreira cinematográfica.