Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

Estúpido Cupido

1976

Estúpido Cupido

Dirigido por:
Média geral 4.1
baseado em 68 votos
Sua avaliação:
salvando
45 minutos

Na fictícia Albuquerque do início dos anos 60, vivem vários personagens: Maria Teresa, filha de Olga, era uma jovem dividida entre o amor de João e o sonho de ser Miss Brasil; Mederiquis, um jovem rebelde; a inquieta Glorinha e a freira Angélica, que desperta para o amor ao conhecer Belchior.

Estúpido Cupido foi uma telenovela brasileira produzida e exibida no horário das 19 horas pela Rede Globo entre 1976 e 1977, contou com 160 capítulos. Foi escrita por Mário Prata e dirigida por Régis Cardoso.

As músicas e figurinos eram ambientados nos anos 60. Foi a última novela da Rede Globo produzida em preto-e-branco - ressalvando-se que seu último capítulo foi gravado em cores sem que os atores soubessem disso, pois era desejada a surpresa de que a emissora já estava com a totalidade de suas câmeras em cores.

A música de abertura, Estúpido cupido, era interpretada por Celly Campello.

Estreia Brasil:
26 de Agosto de 1976
Outras datas
Denunciar algo errado

Comentar: