Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Mariangela Melato
8Número de Fãs

Nascimento: 18 de Setembro de 1941 (71 years)

Falecimento: 11 de Janeiro de 2013

Milan - Itália

Conhecida por protagonizar a aventura cômica “Por um Destino Insólito” (1974) e por viver um papel de destaque na sci-fi “Flash Gordon” (1980).

A atriz nasceu em Milão, no dia 18 de setembro de 1941, e se formou na Academia de Teatro de Milão. Ela começou a carreira nos palcos na década de 1960, e entre os diretores com quem trabalhou no teatro estava um grande cineasta: Luchino Visconti (“Rocco e seus Irmãos”). Melato iniciou no cinema em 1970, lançando naquele ano quatro filmes, incluindo “A Contestação” e “O Padre que Queria Casar-se”.

Em 1971, ela contracenou com Gian Maria Volonté no drama clássico “A Classe Operária Vai ao Paraíso”, de Elio Petri, que levou a Palma de Ouro no Festival de Cannes e ainda lhe rendeu muitos elogios. Ela também participou do premiado “Por uma Graça Recebida”, que, no mesmo ano, integrou a programação cinéfila de Cannes.

Seu papel mais lembrado veio em 1974, em “Por um Destino Insólito”, de Lina Wertmüller, diretora importante em sua filmografia. No filme, ela interpreta uma socialite rica, que naufraga numa ilha com um marinheiro pobre (Giancarlo Giannini), despertando uma paixão inusitada. Guy Ritchie refilmou a produção em 2002, com sua então esposa Madonna no papel que fora de Melato, mas o seu “Destino Insólito” foi um desastre de crítica e de público.

Ainda em 1974, a atriz trabalhou com o renomado cineasta Claude Chabrol no thriller “Nada”, e em 1976 iniciou uma parceria com o mestre das comédias italianas Mario Monicelli, estrelando “Caro Michele”. Ela voltaria a trabalhar com o diretor em 1999, em “Panni Sporchi”.

Melato também atuou no indicado ao Oscar “Encontro Marcado em Veneza” (1979), de Franco Brusati, e um ano depois conseguiu seu primeiro papel em Holywood, encarnando a vilã General Kala na ficção científica “Flash Gordon”. Tentando emplacar nos EUA, ela ainda estrelou a comédia “Amor na Medida Certa” (1981), ao lado de Ryan O’Neal, mas o filme foi um fracasso e acabou encerrando sua aventura americana.

Ela voltou a trabalhar no cinema europeu, com Lina Wertmüller em “Noite de Verão, com Perfil Grego, Olhos Amendoados e Cheiro de Manjericão” (1986), além de estrelar obras dos mestres Sergio Corbucci e Maurizio Nichetti, mas a partir dos anos 1990 sua carreira praticamente se resumiu a projetos de TV.

Entre séries, telefilmes e longas, Mariangela atuou em 66 títulos, a grande maioria de origem italiana. Seu último trabalho foi a produção para a TV “Filumena Marturano” (2010), no qual interpretou a personagem-título. Ela era irmã da cantora e também atriz Anna Melato, com quem contracenou em “Amor e Anarquia” (1973), outro clássico de Lina Wertmüller.