Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

    Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > The Notorious B.I.G

The Notorious B.I.G

Nomes Alternativos: Christopher George Latore Wallace

69Número de Fãs

Nascimento: 21 de Maio de 1972 (24 years)

Falecimento: 9 de Março de 1997

Brooklyn, New York, EUA - Estados Unidos da América

Christopher nasceu em Bed-Stuy, Brooklyn, New York. Desde jovem já traficava drogas em Bedford-Stuyvesant. Quando abandonou sua vida criminal, acabou por virar um rapper. Lançou o criticamente aclamado álbum Ready To Die em 1994, e se converteu na principal figura do rap da Costa Leste dos E.U.A. que tanto rivalizava com a Costa Oeste, então liderada pelo rapper Tupac Shakur. Notorious Big e Tupac tentavam realizar o que parecia impossivel: uma união de amizade entre os rappers da Costa Leste e a Oeste, mas quando Tupac sofre um atentado dentro da gravadora de Notorious as coisas mudam e este passa a ver Notorious como um inimigo.

Em 04 Agosto de 1994, casou-se com a cantora Faith Evans. Quatro dias depois, Wallace teve seu primeiro sucesso nas paradas pop como um artista solo com o duplo A-side "Juicy / Unbelievable", que alcançou a posição # 27 como primeiro single de seu álbum de estréia.

Ready to Die foi lançado em 13 de Setembro de 1994, e alcançou a posição # 13 na Billboard 200, chegando a ser certificado platina quatro vezes. O álbum, lançado numa época em que o Hip hop da Costa oeste era destaque nas paradas dos E.U.A., segundo a Rolling Stone, "quase sozinho ... mudou o foco de volta ao rap da Costa Leste". Ganhou opiniões fortes sobre o lançamento e tem recebido muitos elogios em retrospecto. Além de "Juicy", o registro produziu dois singles, o platina "Big Poppa", que alcançou a posição # 1 na parada de rap dos E.U.A, e "One More Chance" com Faith Evans, um remix que se tornou seu single mais vendido.

Durante as sessões de gravação de seu segundo álbum, provisoriamente chamado "Life After Death ... 'Til Death Do Us Part, mais tarde encurtado para Life After Death, Wallace foi envolvido em um acidente de carro que quebrou sua perna esquerda e limitou-lo a um cadeira de rodas. A lesão obrigou-o a usar uma bengala.

Wallace viajou para a Califórnia em fevereiro de 1997 para promover seu próximo álbum e gravar um videoclipe de seu single, "Hypnotize". Em 05 março de 1997 Wallace deu uma entrevista de rádio com The Dog House em KYLD em San Francisco, Califórnia. Na entrevista, ele afirmou que havia contratado um segurança uma vez que temia por sua segurança, mas isso era porque ele era uma figura da celebridade, não especificamente um rapper.

Life After Death foi agendado para lançamento em 25 de março de 1997. Em 08 de marco de 1997, ele apresentou um prêmio de Toni Braxton no 11 º Annual Soul Train Music Awards, em Los Angeles e foi vaiado por algumas pessoas da platéia. Após a cerimônia, após Wallace participou de uma festa organizada pela revista Vibe e Qwest Records no Museu Automotivo Petersen, em Los Angeles. Outros convidados incluíram Faith Evans, Aaliyah, Sean Combs e alguns membros da gangues Crips e Bloods.

Em 09 março de 1997, por volta das 12:30, Wallace foi com sua comitiva em dois Chevrolet Suburbans regressar ao seu hotel após o Corpo de Bombeiros encerrar a festa mais cedo, devido à superlotação. Wallace viajou no banco do passageiro da frente ao lado de seus companheiros, Damion "D-Roc" Butler, o membro do Junior M.A.F.I.A. Lil Cease e Gregory "G-Money" Young. Combs viajou em outro veículo com três guarda-costas. Os dois carros foram guiados por uma Chevrolet Blazer que leveva o diretor de segurança da Bad Boy.

Por volta das 12:45 as ruas estavam cheias de pessoas que estavam saindo do evento. O carro de Wallace parou em um sinal vermelho à (46 m) de um museu. Um Chevrolet Impala preto parou ao lado do carro de Wallace. O motorista da Impala, um homem Afro-americano que vestia um terno azul e gravata borboleta, baixou a janela, sacou uma pistola de 9 milímetros de aço azul e disparou contra o Suburban, quatro balas atingiram Wallace no peito. Os parceiros de B.I.G. levaram ele no Centro Médico Cedars-Sinai, mas ele foi declarado morto às 01h15
Biggie também trabalhou com Michael Jackson.

Em 1995, compôs e cantou um rap para a canção "This Time Around" do megastar, e cerca de dois anos depois, estrelou a faixa "Unbreakable", porém esta só seria lançada em 2001, no disco Invincible.