filmow.com/usuario/birovisky/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > birovisky
27 years, Matão-SP (BRA)
Usuário desde Fevereiro de 2016
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Felipe

    Dormi! - h t t p s : / / rezenhando . wordpress . com /2018/01/29/rezenha-critica-personal-shopper-2016/

    Finalmente pude acabar de assistir Personal Shooper, obra que conferi em duas partes tamanha lentidão. Com um tema bastante pertinente o filme tinha um potencial incrível e que poderia ter sido um dos melhores suspenses já produzidos, mas infelizmente foi muito mal executado. Confiram a “rezenha” crítica de Personal Shopper.

    O filme tem esse nome porque Maureen (Kristen) trabalha como compradora pessoal de uma celebridade de Paris que não pode ir pessoalmente aos estabelecimentos. Só que o foco principal envolve outra coisa temática, muito mais intenso, o espiritismo, porque Maureen tinha um irmão gêmeo que recentemente morreu por uma anomalia cardiológica, e como tanto ele como a própria Maureen são médiuns, antes de morrer seu irmão prometeu que voltaria dando um sinal para ela.

    A trama roda em torno desta espera de Maureen por um sinal do irmão e sobre tornar-se o que não queria ser, sempre com diálogos mornos e cortes bem mal realizados entre os personagens que fazem parte do arco, sem saber de onde vieram e muitos menos para onde vão. Dois momentos salvam Personal Shopper, os “nudes” da Kristen Stewart e uma das cenas onde o seu irmão surge espontaneamente (me deu um cala frio igual quando o ET de sinais é mostrado como reportagem no Rio de Janeiro), fora isso só as belas paisagens parisianas.

    O espiritismo chega a ser discutido na obra de uma forma muito superficial, sem o fundamento necessário para criar algum clímax e deixar o espectador sob tensão. Leia bem, não seria necessário sustos pelo filme todo, mas só um clima de tensão já teria sido melhor, porque o começo vende bem o filme, mas assim como há um coito interrompido no começo, se estende por todos os minutos seguintes.

    Todas as mensagens que Personal Shopper tenta transmitir ficam subentendidas de uma maneira preguiçosa, deixando o telespectador a ver navios no final. Quiseram fazermos pensar em algo que nem o próprio diretor quis pensar. Penso que na mão de algum diretor experiente com o gênero suspense o filme teria tomado outros rumos.

    Iria assistir de novo? Não!

    Minha nota é 1/5.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Felipe

    Melhor que o 7 e a maioria: h t t p s : / / rezenhando . wordpress . com /2018/01/24/rezenha-critica-rogue-one-uma-historia-star-wars/

    Depois de ficar de saco cheio da família Skywalker e teorizar sobre um futuro vilão fora do arco, mas que contivesse os personagens principais (confiram aqui como seria um novo vilão), conversando com um amigo próximo ele me convenceu a assistir o Rogue One: Uma História Star Wars. E já vou adiantando, é muito melhor do que esperava, foge totalmente do convencional e da firulagem que é a Disney. Confiram a “rezenha” crítica de Rogue One: Uma História Star Wars.

    A obra trata do momento quando o Império criou uma arma letal chamada Estrela da Morte e que seria usada para desintegrar vários planetas e para criar tal arma, o Império separou Jyn de seu pai, engenheiro recrutado para o projeto. Anos depois a rebelião resgatam-na da prisão com a intenção de usá-la para chegar até seu pai e conseguirem desativar a Estrela da Morte.

    Os personagens principais que constam no filme nunca até então tinham sido mencionados na história Star Wars o que deixa aquele receio nos que não são tão fãs ou fãs em potencial, o que é uma pena, porque pela qualidade do filme poderia ter conquistado muito mais bilheteria na época, mesmo se não tivesse no universo seria um ótimo filme de ação.

    A coragem de ter um desfecho fora dos padrões e várias sequências muito bem dirigidas de ação fazem de Rogue One um dos melhores filmes da franquia disparado. Esperamos mais filmes da franquia que não sejam da cânone oficial.

    Apesar de ser desvincilhado da trama principal, a cereja do bolo com certeza é Lord Darth Vader, que dá aquela sensação que não passa uma agulha nos envolvidos lá pro final. Outro momento marcante e que me deixou em dúvida foi Chirrut , ele era ou não um Jedi em ascendência?

    Iria assistir de novo? Sim!

    Minha nota é 3/5.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/

  • muriel
    muriel

    dai felipe, vi que você estava comentando que tem o filme "Ma Vie De Courgette" no stremio, sabe me dizer como esta o nome, pois não encontro com as versões dos titulos que tenho do filme.. valeu!!