filmow.com/usuario/raquel_n/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > raquel_n

Usuária desde Dezembro de 2014
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Há uma magia em tentar superar os próprios limites. É a sensação de arriscar tudo por um sonho que só você vê.

Últimas opiniões enviadas

  • Raquel

    Não é só sobre traição, inocentes e culpados.
    É sobre força de vontade, valorização de si mesmo, compaixão, generosidade, sobre o perdão e o amor, principalmente o amor de mãe. Mostra que a frase: "Só damos valor depois que perdemos", faz jus.
    E que a vida é doce e o futuro mais doce ainda.
    Eu indico. Vale muito a pena assistir, é uma lição de vida.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Ali tem uma mãe que era o escudo da filha, que protegeu a família.
    Tem uma mãe de família, uma dona de casa que se tornou (se transformou? se descobriu? se redescobriu em uma mulher forte e destemida). E fez ela perceber que ela podia ser uma profissional, mulher e uma mãe e nenhuma função anulava a outra.
    Tem um marido que largou dez anos com a família por uma amante. E que só depois de perder tudo percebeu que aqueles dez anos foram os mais preciosos e os mais felizes da sua vida.
    Tem um cunhado que teve escapadas no casamento, mas ao lembrar da sua família, da sua esposa ele recuava sempre. E ao ver o que ocorreu no casamento do cunhado soube valorizar a sua mulher.
    Eu esperei todos os tipos de xingamento, desabafos (sobre o quanto ela foi generosa, acolheu ela quando ninguém mais o fez, ter alimentado ela e o quanto ela foi egoísta, má, sem escrúpulos, e que roubou o marido dela debaixo do teto deles), tapas e puxões de cabelo, só que a esposa traída não o fez, ao contrario mostrou compaixão, deu suporte e conselhos e ainda pediu desculpas para a amante pela unica agressão (da raivinha na hora que ele ajuda a amante e você chora junto com a esposa vendo aquilo). É "engraçado" o fato da amante ter conseguido o que queria e mesmo assim não estava satisfeita. Ela descobriu que tinha motivos para ser assim. Quase que se da para ter pena dela, quase.
    A cena do hospital pra mim foi a mais egoísta que poderia ter tido. E depois de tudo que ela passou ela poderia ter desistido da vida, ter sido amargurada, infeliz, rancorosa.
    E no final depois de tempos passados e pensados ele se recorda o que significou aqueles 10 anos, e a mulher mostra o quanto ela é e foi forte, determinada e segura de si mesma ao disser que ela não pertencia mais aquele passado. E ela precisava daquela conclusão para conseguir amar novamente.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/

  • Daniel Chigurh
    Daniel Chigurh

    De nada. Enviado.

  • Daniel Chigurh
    Daniel Chigurh

    Me passe um e-mail que envio.