Casa da Angélica

1993

Casa da Angélica

Média geral 2.9
baseado em 27 votos
Sua avaliação:
salvando

A apresentadora Angélica após fazer um enorme sucesso na Tv Manchete, no comando do Clube da Criança, chamou a atenção de Sílvio Santos que a contratou para comandar o infantil Casa da Angélica. A atração estreou em agosto de 1993 repetindo a fórmula dos infantis de sucesso da época com platéia, desenhos e musicais. O programa contava também com quadros de humor aproveitando a performance mostrada pela apresentadora no programa da extinta Rede Manchete, Milk Shake. Entre os quadros se destacavam: “Anjôlica”, onde Angélica imitava o Jô Soares, a apresentadora satirizava ainda programas de culinária e em especial a culinarista Ofélia, em “AngélicaStrid” ela tirava sarro dos Vjs da MTV, em especial Astrid; em “Tempestade de Lágrimas”, Angélica satirizava as novelas mexicanas, com figurinos cafonas e muito exagero nos sentimentos. O quadro onde ela se travestia como o grosseiro taxista Bernardão fazia Sílvio Santos reclamar: "Eu contratei você e não esse barbudão." Além das competições entre a criançada e atrações musicais no palco, o programa ainda tinha matérias externas do interesse do público infantil, com o repórter Otaviano Costa. Junto com o programa Angélica lança o álbum "Meu Jeito De Ser", o disco vende 350.000 cópias e rende o grande sucesso a "Flecha De Amor". Angélica fecha o primeiro ano de programa como principal estrela do SBT e como a artista que mais fez shows naquele ano. Casa da Angélica começou a ser exibido às 15:00 passando no seu segundo ano para o horários dàs 16:00 e findou no horário da manhã quando passou a ser exibido às 7:30 da manhã. O programa chegava até 8 pontos de audiência, índice alto para o Sbt. O atração infantil acabou em 1996 quando Angélica foi pretendida pela Rede Globo e fechou contrato com a emissora.

Estreia Brasil:
9 de Agosto de 1993
Outras datas
Denunciar algo errado
Em DVD
Trailers
Fotos
  • Nenhuma foto cadastrada.

Comentar: