Castelo da Coruja

1999

Owl's Castle

Média geral 3.8
baseado em 2 votos
Sua avaliação:
salvando
18 - Não recomendado para menores de 18 anos 130 minutos

Depois de 10 anos de reclusão dentro de um templo abandonado numa montanha, o formidável ninja Juzo (Nakai Kichii) é chamado de volta à ação pela última vez, em uma tentativa de assassinar o líder militar da nação Toyotomi Hideyoshi. Juzo se lembra de ter assistido sua própria mãe e irmã morrer horrivelmente durante a conquista implacável de sua província natal Iga (Nara) por Hideyoshi, deixando apenas um punhado de sobreviventes. Esta última missão irá exigir-lhe que volte a Osaka e de alguma forma se infiltre no vasto e novo castelo que Hideyoshi construiu para si mesmo. Somente um ninja de habilidade incomparável será capaz de dimensionar e penetrar nessa formidável fortaleza onde Hideyoshi reside.
Ao longo de sua jornada, Juzo, eventualmente, encontra alguns dos sobreviventes do massacre de Iga. Eles, como ele, vivem em silêncio e anonimamente na posição humilde, mas logo são dispostos a ajudar Juzo em todos os meios possíveis, uma vez que eles percebem a sua missão. Todos, isto é, exceto para Gohei, outro ninja bem treinado da escola Iga, cuja lealdade está agora com Hideyoshi e cujos objetivos envolvem uma posição de segurança de alto escalão dentro da facção Hideyoshi. A captura ou morte de Juzo durante essa tentativa contra a vida de Hideyoshi seria de fato proporcionar a oportunidade necessária para Gohei para atingir esta cobiçada posição.
Mesmo na estabilidade governamental criada por Hideyoshi muita turbulência política e traições continuam, fazendo com que a confiança e alianças se tornem muito difícil para Juzo. Assim, ele não deve apenas sobreviver às complexidades do ambiente político, mas também desenvolver e levar a cabo um esquema plausível para cumprir sua missão de assassinato.

Estreia Mundial:
30 de Dezembro de 1999
Outras datas

Elenco de Castelo da Coruja

Nenhum.
Denunciar algo errado
Em DVD
Trailers
Fotos
  • Nenhuma foto cadastrada.

Comentar: