Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Cyndi Lauper

Cyndi Lauper

Nomes Alternativos: Cynthia Ann Stephanie Lauper-Thornton

270Número de Fãs

Nascimento: 22 de Junho de 1953 (65 years)

Nova Iorque - Estados Unidos da América

Cyndi Lauper (nascida Cynthia Ann Stephanie Lauper Thornton; Nova Iorque, 22 de junho de 1953) é uma cantora estadunidense vencedora do Grammy, compositora,multi-instrumentista e uma atriz vencedora do Emmy. Cyndi Lauper explodiu em meados dos anos 80 com o lançamento de seu primeiro álbum solo: She's So Unusual e transformou-se na primeira mulher do mundo a ter cinco singles de um mesmo álbum na Billboard, a parada musical mais importante do mundo. Cyndi Lauper já lançou 10 albuns de estúdio e cerca de 40 singles, vendendo cerca de 70 milhões de álbuns, e 10 milhões de singles (o single mais vendido foi "Girls Just Want To Have Fun" com 4 milhões de cópias), tem como principais características, sua constante mudança de visual, passagem pelos mais diversos estilos musicais e sua voz extremamente peculiar.
Vida antes da fama
Cynthia Anne Stephanie Lauper Thornton nasceu em 22 de junho de 1953 em um hospital do bairro nova-iorquino de Queens, não muito longe da casa dos pais, no Brooklin, Estado Unido. Embora Cyndi seja um pouco sensível quando lhe perguntam sobra a sua idade "o que eu sou, um carro?", é sua resposta padrão. O pai Fred Lauper trabalhava em uma companhia de navegação e, na adolescência, seus interesses variavam da arqueologia a tocar xylophone. Sua mãe vivia atarefada cuidando de Cyndi, da irmã mais velha, Ellen e do irmão mais novo, Butch. Os pais de Cyndi divorciaram-se quando ela tinha apenas cinco anos de idade e sua mãe acabou tendo de se mudar com as crianças para Ozone Park, em Queens.
Até hoje a conversa de Cyndi é impregnada pelo sotaque do bairro. Os primeiros discos que Cyndi escutou foram os da mãe, com destaque para Eileen Farrel e Louis Armstrong. Mas o maior acontecimento musical de sua vida foram os Beatles. Cyndi relata que ficou fascinada com a voz de John Lennon e também que enquanto ela e sua irmã lavavam os pratos, tentavam repetir as harmonias, Cyndi conta que sua voz não soava nada parecida com a de John e isso deixava desapontada, chegando ao ponto de parar de cantar. Seu primeiro violão foi herdado por sua irmã, porém, Cyndi aprendeu a tocar "Greens levees" e foi batalhar no cenário folk da época.
Cyndi obteve sucesso cantando em parques e barzinhos, pois nos seus esforços educacionais não obtinha o mesmo sucesso. Cyndi estava certa de possuir afinidades com música e arte, mas não conseguia demonstrar isso satisfatoriamente.
Lauper está casada com o ator David Thornton há 18 anos e é mãe de um menino de 12 anos, Declan.
Blue Angel
Por volta de 1978, eles tinham formado juntos uma banda de rock estilo anos 50 chamada Blue Angel. Na primavera de 1979, alguns K7 Demos de Blue Angel chegaram às mãos de Steve Massarsky, um advogado, mas ele não ficou impressionado: "A fita era horrível". As canções eram ruins e mal tocadas. Havia algum interesse na voz da cantora "Cyndi", mas isso era tudo. Massarsky foi conferir o Blue Angel ao vivo num clube de nome Trax. "Quando Cyndi apareceu no palco", recorda o advogado, "foi como mágica, eu nunca tinha escutado nada parecido, fiquei apaixonado, ela era magnífica!". Tão entusiasmado ficou que Massarsky pagou 5.000 dólares para comprar o contrato que Cyndi mantinha com Rosemblatt. Massarsky montou um show para o Blue Angel e convidou toda a indústria fonográfica para assistir. A reação lembra-se, foi desanimadora. "A cantora é maravilhosa, livre-se da banda!".
Contudo, seis meses mais tarde a Polygram Records, ofereceu um contrato de gravação para todo o grupo. O álbum de estréia, "Blue Angel", lançado em 1980, foi bem aceito pela crítica, mas não pelo estilo rockabilly[1], que a banda julgava ser sua especialidade. Foi o espetacular alcance vocal de Cyndi que despertou o interesse das poucas pessoas que ouviram o LP. Ainda assim Cyndi resistia em se lançar em carreia solo. Entretanto, em 1982 a Polygram dispensou o Blue Angel e o grupo teve um desentendimento com Massarsky, que exigia o pagamento de 80.000 mil dólares que lhe deviam. Cyndi estava entre os integrantes que decidiram declarar falência, o que lhes foi concedido em 1983. Na ocasião, o juiz que tratou do caso disse: "Deixem à canária cantar!". Com o Blue Angel demolido, Cyndi finalmente estava pronta para a carreira solo. Mas ela sabia o que queria e, se fosse para ser uma estrela, teria que ser sob suas próprias condições. Portanto, antes de agarrar ao primeiro contrato de gravação, Cyndi esperou e fez o que pode para conseguir seus objetivos. Ela cantou canções antigas num piano bar japonês, onde tirou idéias mais extravagantes sobre como se vestir. Um pouquinho antes ela havia conhecido David Wolff, um empresário com conexões com a Portrait Records, uma subsidiária da CBS. Wolff, que desde então se tornou seu empresário e namorado, colocou-a em contato com o executivo Lennie Petze, que por sua vez arrumou um encontro com o produtor Rick Chertoff. Logo um álbum solo começou a tomar forma.
Em 1982 ela assina contrato com a Portrait, cheia de energia no corpo e na alma, ela conquistaria a intimidade com as cabeças pensantes do mundo no ano seguinte com o lançamento de She's So Unusual:
She's So Unusual e o sucesso mundial
Foi lançado em 1983 o álbum She's So Unusual, que viria a lhe dar notoriedade em todo o mundo. O álbum vendeu 300 mil cópias no Brasil e 16 milhões no resto do mundo. O primeiro single, Girls Just Want to Have Fun, atingiu o topo das paradas chegando a se tornar um hino da geração MTV. Contudo, foi com o segundo single, Time After Time, que Cyndi Lauper atingiu o primeiro lugar nos mais diversos países. Logo depois vieram All Through the Night, She Bop e Money Changes Everything, e ela passou a ser conhecida no mundo inteiro, seus clipes eram exibidos com exaustão na MTV, suas músicas no rádio, enquanto seu estilo nada convencional era copiado por adolescentes da época. Todo esse sucesso lhe rendeu o Grammy de 1984, na categoria "melhor cantora revelação".
Cyndi participou em 1985 do filme Os Goonies. A trilha sonora do filme traz duas canções dela: "The Goonies 'R' Good Enough" e "What a Thrill". A primeira canção saiu em single e logo se tornou um hit. Nesse mesmo ano, ela foi convidada para participar do projeto USA for Africa, liderado por Michael Jackson, onde vários artistas se reuniram e gravaram a canção We are the World, no contexto de arrecadação de fundos para ajudar as crianças carentes da África.
True Colors
Com o novo álbum True Colors, mostrou uma outra Cyndi Lauper: uma Cyndi mutante, em evolução, aperfeiçoando tudo o que já fazia bem e somando seu talento nos arranjos e na produção do álbum. Isto acabou provocando, em quem ouviu o trabalho, a sensação de que algo de novo estaria para acontecer com ela: “Quero chegar nas pessoas que batalham todo santo dia, naqueles para quem a maior conquista é conseguir construir alguma coisa, conseguir viver um dia atrás do outro. Por isso escolhi ser suave. Agora, se suavidade é confundida com frescura, o problema não é meu.”
Este álbum foi um aviso sério no que dizia respeito às escolhas e capacidades de Cyndi como cantora. True Colors, o primeiro hit de 1986, chegou ao 1º lugar nos EUA e “Change of Heart” foi #3 na BillBoard. Neste álbum, que chegou ao 1.º lugar na Austrália e Brasil e #4 nos EUA, ainda tinha “What’s Going On” excelente regravação de Marvin Gaye que chegou ao #12 na Billboard. Apesar dos destaques serem feitos “em cima” não se pôde deixar de sublinhar o soberbo aproveitamento da fusão de “What’s Going On” com Iko Iko, as duas canções que Cyndi “desenterrou”, além da forte presença de outros gênios como Nile rodgers, Billy Joel e Adrian Belew. “A única coisa que me interessa é fazer o que gosto com quem gosto. Não poderia ser criativa se fosse premeditada. Pronto: gosto de fazer o que me dá na cabeça!”. Um sucesso de vendas, o disco vendeu 12 milhões de cópias em todo o mundo.Cyndi saiu em turnê com a True Colors World Tour, e em 1987 lançou o vídeo "Cyndi Lauper in Paris", com um "show" gravado na França. Em 1988 Cyndi estreou no cinema com o filme "Vibes", por ela protagonizado.
Em 1992, lançou o single "The World is Stone" somente na Europa, onde a música chegou a ser bastante tocada. Na França atingiu o primeiro lugar. Devido ao sucesso na França, a música pegou o #42 lugar nos EUA. O clipe é considerado um dos melhores da carreira de Cyndi, e seu CD Single vendeu aproximadamente 200 mil cópias, sendo a vendagem record nos singles da cantora.
Hat Full Of Stars/Twelve Deadly Cyns... and then some
Em 1995 Cyndi participou de alguns episódios do seriado Mad About You, a sua excelente atuação lhe rendeu um prêmio Emmy.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.