Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

    Você está em
  1. > Home
  2. > Listas
  3. > Meus 10 Filmes Favoritos Vistos em 2016 (e 3 menções honrosas)
Lista criada por Igor igorleoni
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em avaliações em comum

Meus 10 Filmes Favoritos Vistos em 2016 (e 3 menções honrosas)

10- A Bruxa (The VVitch) - 2015 - Direção: Robert Eggers
Baseado em um conto folclórico inglês do século XVI, o filme acompanha uma família que é forçada a abandonar o vilarejo onde vivem por desentendimentos com as práticas religiosas locais. Sozinhos, acabam por construir uma moradia e se estabelecer à beira de uma floresta, onde serão vítimas de estranhos acontecimentos. De longe o melhor filme de terror que assisti no ano. Filme sombrio, ambíguo e psicológico, com um final marcante e horripilante. Confesso que achei o ritmo um pouco lento em algumas passagens, mas nada que prejudique o filme como um todo.

9- Demônio de Neon (The Neon Demon) - 2016 - Direção: Nicolas Winding Refn
Garota aspirante a modelo se muda para Los Angeles e passa a se embrenhar no cruel e competitivo mundo da moda. Ao se revelar uma modelo de beleza única que irá se tornar a nova sensação das passarelas, será alvo de paixões e inveja de admiradores e concorrentes. Não sou muito fã de Nicolas Winding Refn, acho os filmes excessivamente estilizados, alegóricos e cansativos, costuma faltar alma e sobrar estilo. Já esse último foi uma bela surpresa. O estilo do diretor continua presente, mas por se tratar de um filme que trata de beleza, o estilo contemplativo conversou bem e deu um belo tom. Uma bela fábula de terror sobre os perigos da beleza em um mundo que se alimenta dela.

8- Os Oito Odiados (The Hateful Eight) - 2015 - Direção: Quentin Tarantino
Ambientado no século XVIII no Velho Oeste, um caçador de recompensas viaja com sua prisioneira e acaba tendo que pernoitar em uma pousada devido ao mau tempo, onde irá dividir teto com outro caçador de recompensas, um recém nomeado xerife, um carrasco, um general, um vaqueiro e o vigia da pousada. Dos filmes de Tarantino talvez seja o que menos me impressionou, mas toda a marca registrada do diretor está aqui: personagens excelentes, diálogos memoráveis, reviravoltas inesperadas e as ótimas cenas de ação regadas a muito sangue. Sem falar que todo o roteiro foi construído em cima de outro filme que adoro, "O Enigma de Outro de Mundo" de John Carpenter.

7- Audição (Audition) - 1999 - Direção: Takashi Miike
Um viúvo que se afastou de relacionamentos devido ao trauma de perder a esposa, pede ajuda a um amigo produtor de cinema para encontrar uma nova esposa. O amigo irá montar um falso processo de audição de atrizes para seu suposto novo filme, em que as atrizes devem ter como pré requisito as características físicas que agradariam seu amigo em uma esposa. As atrizes participam do processo seletivo sem saber que na verdade estão sendo selecionadas como possíveis esposas. Dentre as candidatas, o viúvo solitário se encantará por uma jovem ingênua e delicada, com um estranho passado nebuloso. O diretor japonês Takashi Miike tem fama de fazer filmes polêmicos e violentos, alguns muito bons e outros nem tanto. Esse está entre seus mais elogiados trabalhos, e confesso que fiquei bastante impressionado. Filme muito bem dirigido, com súbitas mudanças de tom e algumas cenas perturbadoras. Pretendo conhecer mais coisas do diretor sem dúvidas.

6- Sicario - Terra de Ninguém (Sicario) - 2015 - Direção: Denis Villeneuve
Uma agente do FBI idealista é selecionada para integrar um time que pretende erradicar um cartel de drogas na fronteira do México responsável por crimes bárbaros e pela morte de outros agentes membros de sua equipe. Ótimo filme policial que não poupa o espectador e nem mesmo o próprio governo americano, ao mostrar métodos de investigação e captura não muito ortodoxos. Em matéria de aspectos visuais, Denis Villeneuve está sem dúvida entre os melhores diretores da atualidade (não é à toa que o colocaram a cargo do novo Blade Runner). O filme tem belíssimas tomadas e planos sequência e é talvez considerado seu melhor trabalho. Uma sequência do filme já está em adiantado estado de produção, mas a cargo de outro diretor, o que eu acho um grande erro.

5- O Regresso (The Revenant) - 2015 - Direção: Alejandro G. Iñárritu
Baseado na impressionante história de sobrevivência do explorador Hugh Glass. Ao ser violentamente atacado por uma ursa, Glass tem que ser carregado em condições precárias por seus companheiros de caça de volta até o vilarejo onde vivem. Acreditando que Glass não possui chances de sobrevivência, um de seus companheiros consegue convencer os outros a deixá-lo para trás, e também assassinando o filho de Glass, que tenta intervir na situação. Apesar de ser a dramatização de uma história verídica, encarei todo o filme como uma bela fábula de vingança com um embate final incrível, por isso não me preocupei muito com as "situações impossíveis" que incomodaram tanta gente. Filme bastante visceral e violento, mas com visuais belíssimos. Sim, Leonardo está bem, mas pra mim a grande atuação do filme é de Tom Hardy.

4- Divertida Mente (Inside Out) - 2015 - Direção: Pete Docter, Ronnie Del Carmen
A garotinha Riley é obrigada a mudar de cidade quando seu pai é transferido no trabalho, e suas emoções (Alegria, Tristeza, Medo, Raiva e Nojinho) que vivem em um quartel dentro de sua mente, se desdobram pra tentar mantê-la emocionalmente equilibrada durante o seu dia a dia. Não sou um grande conhecedor de animações, assisto muito poucas, e confesso que não vejo muita graça nas animações que todo mundo gosta (só aquela música daquele "Frozen" me dá vontade de vomitar). Mas essa ganhou o meu coração de uma forma que desbancou vários filmes ótimos e ganhou um lugarzinho nesse ranking. Roteiro extremamente criativo, inteligente, divertidíssimo, com uma belíssima mensagem final pra crianças e adultos. Assistam sem medo, é amor na certa.

3- Elle - 2016 - Direção: Paul Verhoeven
Uma executiva tem sua casa invadida e é estuprada por um homem mascarado. O ataque acaba abalando sua personalidade fria e controladora. As coisas se escalam quando ela percebe que o atacante continua a observá-la e ameaçá-la. Sou um grande fã do diretor Paul Verhoeven, gosto até mesmo dos filmes dele mais Hollywoodianos que ninguém gosta (Showgirls, Topas Estelares, Homem Sem Sombra) e fiquei muito feliz ao vê-lo voltar à ativa em grande estilo. Um filme que trata de relações humanas, às vezes tão complicadas e incoerentes. Forte, engraçado e sincero. Que Verhoeven volte a fazer filmes menos espaçados, ele faz falta.

2- Gêmeos - Mórbida Semelhança (Dead Ringers) - 1988 - Direção: David Cronenberg
Irmãos gêmeos idênticos se divertem com o fato de conseguirem se passar pelo outro sem que outras pessoas percebam. Quando começam a se revezar em uma mulher sem que ela perceba que são duas pessoas distintas, um deles passa a desenvolver sentimentos por ela e coloca todo o relacionamento em jogo. Apesar de gostar de Cronenberg e já conhecer a reputação do filme há muito tempo, só fui conferi-lo esse ano. Não só foi uma bela surpresa como talvez tenha se tornado um dos meus filmes preferidos dele. A bizarrice típica do diretor está mais bem dosada e inserida em um contexto mais real, porém com o subtexto filosófico de sempre. Extremamente dark e psicológico, mas ainda assim muito belo. Imperdível.

1- A Criada (The Handmaiden) - 2016 - Direção: Chan-wook Park
Nos anos 30, uma ladra coreana é recrutada por um caloteiro para trabalhar como a criada pessoal da herdeira japonesa de uma fortuna, que vive isolada ao lado do tio dominador. O objetivo é que ela ganhe a confiança da herdeira e a convença a se casar com o caloteiro que a recrutou, que se apresentará como um Conde que fará negócios com o tio dela. Primeiro filme que vejo do coreano Chan-wook Park, diretor do famoso e polêmico "Oldboy" que eu ainda não vi (eu sei, eu sei). O filme é um belíssimo neo-noir cheio de reviravoltas e cenas polêmicas, algumas belas, outras bizarras. Seguramente o melhor filme que assisti esse ano. Se todos os filmes de Park tem essa mesma qualidade, é um grande diretor que preciso urgentemente conhecer.

Menções honrosas:

- Dívida de Honra (The Homesman) - 2014 - Direção: Tommy Lee Jones
Drama também ambientado no Velho Oeste, com ótimas atuações de Tommy Lee Jones e Hillary Swank.

- Jane Eyre - 2011 - Direção: Cary Joji Fukunaga
Bela adaptação do romance de Charlotte Brontë, com excelente direção de Fukunaga e ótimas atuações, principalmente de Michael Fassbender.

- Wiener-Dog - 2016 - Direção: Todd Solondz
Uma cadelinha dachshund passa pela vida de quatro pessoas diferentes, cada uma em uma fase diferente da vida (infância, fase adulta, meia idade e velhice). Solondz de volta com seu inteligente humor ácido.

Lista editada há 3 meses

13 0

0%
Você já viu 0 dos 13 filmes desta lista.
  1. A Criada (Ah-ga-ssi)

    A Criada

    4.4 763
    1
  2. Gêmeos: Mórbida Semelhança (Dead Ringers)

    Gêmeos: Mórbida Semelhança

    3.7 148 Assista Agora
    2
  3. Elle (Elle)

    Elle

    3.8 808
    3
  4. Divertida Mente (Inside Out)

    Divertida Mente

    4.4 3,0K Assista Agora
    4
  5. O Regresso (The Revenant)

    O Regresso

    4.1 3,3K Assista Agora
    5
  6. Sicario: Terra de Ninguém (Sicario)

    Sicario: Terra de Ninguém

    3.7 738 Assista Agora
    6
  7. O Teste Decisivo (Ôdishon)

    O Teste Decisivo

    3.6 285
    7
  8. Os Oito Odiados (The Hateful Eight)

    Os Oito Odiados

    4.1 2,3K Assista Agora
    8
  9. Demônio de Neon (The Neon Demon)

    Demônio de Neon

    3.3 1,1K Assista Agora
    9
  10. A Bruxa (The VVitch: A New-England Folktale)

    A Bruxa

    3.6 3,0K Assista Agora
    10
  11. Dívida de Honra (The Homesman)

    Dívida de Honra

    3.5 173 Assista Agora
    11
  12. Jane Eyre (Jane Eyre)

    Jane Eyre

    4.0 731 Assista Agora
    12
  13. Wiener-Dog (Wiener-Dog)

    Wiener-Dog

    3.2 60
    13

Comentar: