filmow.com/usuario/amandabaia/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > amandabaia
São Paulo - (BRA)
Usuário desde Abril de 2016
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

“So much of our experience is intangible. So much of what we perceive cannot be expressed, it's unspeakable. And yet, when we communicate with one another, and we feel that we have connected, and we think we are understood, I think we have a feeling of almost spiritual communion. And that feeling might be transient, but I think that's what we live for.” · http://instagram.com/am.baia · http://imspeicher.tumblr.com

Últimas opiniões enviadas

  • Amanda Baia

    "O existencialismo é, às vezes, visto como a filosofia do desespero, mas penso que ele é justamente o contrário. Sartre disse, certa vez, que nunca teve um dia de desespero em sua vida. O que os pensadores nos ensinam não é tanto uma sensação de angústia, mas sim de exuberantes sensações. Como se sua vida fosse sua obra a ser criada. Eu li os pós-modernos com interesse, com admiração até. Mas sempre tenho uma péssima e incômoda sensação de que algo essencial está sendo deixado de fora. Quanto mais se fala sobre o ser humano como uma construtor social ou uma confluência de forças, ou como um fragmentado ou marginalizado, abre-se todo o universo de desculpas. Quando Sartre fala de responsabilidade, não é abstrato. Não se trata de um tipo de eu ou de alma que tratam os teólogos. É algo concreto. Somos nós, falando, tomando decisões, assumindo as consequências. Há 6 bilhões de pessoas no mundo, é verdade. No entanto, suas ações fazem diferença. Fazem diferença em termos materiais e fazem diferença para outras pessoas. Servem de exemplo. A mensagem é: não devemos jamais nos eximir e nos vermos como vítimas de várias forças. Quem nós somos é sempre uma decisão nossa."

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Amanda Baia

    ''A indiferença dissolve a linguagem e embaralha os sinais. Você é paciente e não espera. Você é livre e não escolhe. Você está disponível e nada desperta seu entusiasmo. Você ouve sem nunca escutar, vê sem nunca olhar.''

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Amanda Baia

    "Você alguma vez já pensou em como a menor decisão que você toma pode mudar o rumo de sua vida?"
    "Como assim?"
    (…)
    "Certa vez ouvi dizer que a mãe de Hitler quase abortou, mas desistiu no último minuto. Ouvi dizer que ele saiu de Viena, porque não conseguia vender os seus quadros. E se ele tivesse vendido um quadro, hein, Sean? Ou se a mãe tivesse abortado? O mundo seria diferente do que é hoje. Entende? Ou, então, digamos que certa manhã você perde seu ônibus, e aí você compra uma ficha para outra ficha de café e, já que está ali mesmo, compra um bilhete de loteria. O bilhete é premiado. De repente você não precisa mais pegar ônibus. Você vai trabalhar num Lincoln. Mas aí você sofre um acidente de trânsito e morre. Tudo porque um dia você perdeu o ônibus."

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Nenhum recado para Amanda Baia.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.