Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > camilaarrais
Rio Claro - (BRA)
Usuária desde Junho de 2010
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Camila Arrais ☾

    A estética anos 2000 é bem nostálgica e o elenco contando com Wes Bentley, Eliza Dushku, Casey Affleck e Luke Wilson instiga. Mas no geral, esse filme é uma bagunça. O roteiro é tão raso e não se tem explicação nenhuma pra nada que está acontecendo na trama. Não me prendeu em momento algum.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Camila Arrais ☾

    Fui totalmente enganada pelo pôster e pela premissa do filme, gosto bastante de tramas sobre doenças misteriosas, então me chamou a atenção logo de cara... mas nada funciona aqui. As atuações são sofríveis (em especial a da mãe), a narrativa é confusa, maçante e não empolga em momento algum.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Essa Val passou quase o filme todinho fazendo coisas aleatórias, ficou uma eternidade olhando o marido enquanto arrumava as coisas, ficou trancada no banheiro com ele quase morto lá fora, entrou em um quarto aleatório.. putz! E o primordial, ela basicamente esqueceu que tinha uma filha. Deixou a menina lá largada, sozinha, com um bando de gente doente jogada pelo corredor do hotel, que mãe totalmente sem noção.

    Aliás, que doença era essa, que o povo só ficava lá se arrastando, meio que se retorcendo e é só isso. Nada mais acontece.

    E aquele povo rico lá no hotel fazendo a tal da arrecadação, como se não tivesse uma "doença contagiosa" na cidade. Erro atrás de erro!

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Camila Arrais ☾

    Uma série pesada, forte e angustiante. Embora tenha sido muito revoltante e doloroso de acompanhar toda a injustiça e a violência enfrentada pela família Emory, nos dias atuais, se torna extremamente necessário falarmos e mostrarmos todo esse sofrimento que é causado pelas demonstrações de ódio, pelas ofensas e tortura da injustiça e preconceito racial... E não apenas nos Estados Unidos, mas em todo mundo, que perdura até os dias de hoje.

    Toda a retratação da década de 50, a ambientação, figurino, as cores, foi tudo milimetricamente bem feito e pensado, gerando em diversos momentos, um desconforto em quem está assistindo. Deborah Ayorinde, Ashley Thomas, Shahadi Wright Joseph e Melody Hurd, merecem ser aclamados, que atuações impecáveis!

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    O episódio 5 foi extremamente difícil de acompanhar, tanto que o aviso do gatilho no início do episódio é bem necessário. Ver tudo pelo o que a Lucky passou foi doído demais. Ela sendo estuprada, lutando contra eles e tentando proteger o filho de todas as maneiras possíveis, que dor... eles jogando o Chester dentro do saco, meu Deus, foi tão difícil, tão sofrido e choca muito :'(

    Betty era uma personagem irritante, mas retrata tão bem, como muitas pessoas são e agem nos dias atuais, com tamanho desdém, preconceito e violência. Não teve como não vibrar com a morte dela. Sei que não devemos desejar isso para ninguém, mas foi satisfatório demais seu desfecho. Alison Pill está perfeita!

    A série se encerra de forma satisfatória, vemos os Emory lutando e vencendo, cada um, seus medos e aflições. Decidindo não mais fugir e sim enfrentar tudo e todos, com a cabeça erguida e juntos como família!

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • fred.
    fred.

    Bowie! Muito bem, jovem.

  • Gabriella
    Gabriella

    ♪ Happy birthday to you, happy birthday to you... ♫

    Continue sempre assim louquinha, divertida e meiguinha (kkkkkkkk') e que venham mais anos e anos para nós assistirmos séries, filmes, praticamente tudo juntas. Menos dramas, porque convenhamos tu não aguenta assistir ;P
    HAHAHAHAHAHA'

    Saranghae
    Aishiteru
    Wo Ai Ni
    I Love You
    Te Amo (♥)

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.