filmow.com/usuario/dieguito/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > dieguito
Bagé - (BRA)
Usuário desde Setembro de 2010
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Diego.

    Segue a linha nostálgica oitentista de Stranger Things e It, destacando-se por abrir mão do sobrenatural e do fantástico com uma trama bem próxima da realidade. Os garotos são carismáticos e os diálogos, no geral, autênticos quanto à chegada da adolescência e das férias, num misto de expectativa, euforia e tédio. É um bom passatempo, do tipo que se assiste sem maiores pretensões e cuja execução eleva-se bastante em seu (implacável) ato final, ainda que pequenos furos no roteiro saltem aos olhos.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Como o serial killer carregou ambos do quarto sem ser notado por ninguém, ainda que os tenha dopado?!

    Mas a combinação de suspense e aventura juvenil dá liga, demonstrando que essa fórmula dos 'walkie talkie movies' tá longe de se esgotar.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Diego.

    Analisando pelo viés saudosista, Halloween é um ótimo filme que entrega tudo o que os produtores prometeram antes de seu lançamento e mais um pouco: várias referências ao clássico de 78 e, ainda que seja uma continuação direta do mesmo, os outros longas da franquia não foram totalmente ignorados, rendendo alguns easter eggs bacanas (uns bastante óbvios e outros no melhor estilo 'piscou, perdeu'). Os créditos iniciais podem ser definidos como uma agradável e arrepiante surpresa! Mas deixando a nostalgia de lado, diria que a produção foi dirigida com competência a ponto de agradar ao público em geral, com direito à violência acentuada, ritmo ágil e um plano-sequência bem executado. JLC retorna maravilhosa na pele de uma Laurie Strode tão badass quanto perturbada e o embate final com Michael Myers foi quase tão épico se comparado ao do subestimado H20 (é sempre conveniente fingir que o Ressurreição de 2002 jamais aconteceu). O roteiro apresenta pequenas falhas, porém nada que comprometa o resultado ou deixe os fãs insatisfeitos. Um verdadeiro presente para quem, assim como eu, tem o Halloween original nos favoritos e plena consciência de sua importância como a base do subgênero slasher.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Diego.

    Uma das coisas que sempre me chamaram a atenção em O Pássaro Sangrento, além da cabeça de coruja nos pôsteres, foi o fato dele ter vários títulos diferentes. Finalmente assisti e gostei muito, embora esperasse um pouco mais de seu ato final. Nada a reclamar sobre as mortes, que são brutais e bastante gráficas, nem do suspense bem conduzido que impera durante a hora e meia de duração deste slasher/giallo.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Uma pena que o desfecho entregue justamente o óbvio e pareça mais longo do que deveria. Se o assassino fosse o vigia que salvou Alicia (ou qualquer outro personagem secundário) teria sido um encerramento superior, mas no fim era o fugitivo do manicômio mesmo.

    De qualquer forma, é um longa estiloso e aquela ambientação, aliada à metalinguagem, fazem tudo valer a pena. A ideia de um musical onde são encenados assassinatos e, posteriormente, tais crimes acontecendo de verdade é algo brilhante e original pra época.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Julio Augusto
    Julio Augusto

    Capaz, sem problema! Então, na época eu não achava que a Monique dava pinta, devia ser tipo as mulheres com o George Michael nos anos 80 hauhauahua. só assistindo essas gravações do programa hoje em dia que eu noto a curiosidade que ela tinha com as mulheres no programa. Tinha um vídeo onde foi uma dupla cover de t.A.T.u cagadíssima no programa e rolou várias perguntas suspeitas, geralmente seguidas de "meu negócio é homem!"
    Avenida Brasil eu só corria pro Youtube pra assistir as cenas "polêmicas" tipo a mulher enterrando a empregada e tal. Nessa época eu já não assistia mais tv.
    E sim, esse problema do machismo é com qualquer filme que coloque uma mulher no comando em filmes de ação. O novo do Exterminador do Futuro tá passando pelo mesmo problema. A sociedade ainda não está pronta hauahuaha
    O Clip Mania passava na Band, no final das tarde de sábado. Nunca esqueço da vez que comprei uma fita cassete pra gravar os videoclipes e assistir quando eu quisesse, e depois do final do programa quando fui checar a fita, não tinha gravado porra nenhuma hauahuahauha
    E sobre o Oscar, já tem ideia de alguns concorrentes desse ano? Pelo hype de Coringa, esse me pareceu um forte candidato!

  • Eleine Mendes
    Eleine Mendes

    Oi, fico feliz que esteja tudo bem. Adoro séries. Está que vc citou eu já vi, muito boa. Gosto do Netflix, peneirando dá pra ver filmes e séries excelentes, mas isso é o que eu acho, por tudo que já vi lá. Coisas que realmente valem a pena.
    Desejo a vc uma ótima viagem, aproveite bastante. Bjos

  • Diego Soares
    Diego Soares

    Em relação a versátil eles não param de lançar coisas boas, e confesso que está muito difícil de acompanhar, os últimos que comprei deles foi os Obras-primas do terror 10 e o dos filmes italianos, que são bem legais. A cada dia eles lançam cada raridade e não to tendo bala na agulha pra comprar kkkk. Esse novo dos zumbis não vou comprar, já que tenho o ótimo Os mortos-vivos, o Zeder eu não gosto muito, o Ondas do pavor é legalzinho e o Zumbis do mal é super estranho, mas bom. Ainda considero que o pessoal não dá o legítimo valor para os filmes de terror, principalmente os críticos (dane-se os críticos), quem sabe um dia o terror será realmente reconhecido. Abração Diego e bons filmes!

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.