Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

filmow.com/usuario/heinrique/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > heinrique
24 years Pelotas - (BRA)
Usuário desde Janeiro de 2017
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

“Não consegui chegar a nada, nem mesmo tornar-me mau: nem bom nem canalha nem honrado nem herói nem inseto. Agora, vou vivendo os meus dias em meu canto, incitando-me a mim mesmo com o consolo raivoso – que para nada serve – de que um homem inteligente não pode, a sério, tornar-se algo, e de que somente os imbecis o conseguem.”

Últimas opiniões enviadas

  • Henrique

    uma pena que, voltando ao Brasil, ele tenha se vendido pra uma empresa que obteve a façanha de dizimar um ecossistema inteiro. uma pena mesmo.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Kastello
    Kastello

    Fico matutando se trata de um delírio ou se é um ""fim que justifica o meio"", sabe, levando em consideração sua ligação afetiva com a terra natal... não sei se esse projeto sobreviveria sem o tal apoio, anyway, vou ter de ligar para ele, bater um papo, depois te conto, kkk. Naum tô justificando nada, só tentando entender, like a boa estudante de psy. Nem me fale! Ninguém é digno de adoração nessa terra, sempre digo, apenas minha mãe, haha. Levei um ano para colocar o James Horner pela sua obra transcendental como ~ídolo~ neste filmow, esta parte sempre ficou em branco. Ô palavrinha forte, essa, ídolo.

  • Henrique
    Henrique

    Pra ser sincero, ainda acho a obra e a vida dele bastante admirável.. só acho que ele poderia ter admitido que foi errado apoiar a instalação dessas empresas ali. No final das contas serviu pra lembrar que nunca é bom eleger ídolos humanos (talvez o cinema, ultimamente, tenha sido o lugar onde eles têm sido cada vez mais derrubados, vide Tarantino, Johnny Depp, etc). Ótima referência poética também =}

  • Kastello
    Kastello

    Hum... é. Tô um tanto quanto desnorteada. Mas, vale deixar esses versos que encontrei enquanto pesquisava sobre (Drummond, por sinal):

    "O Rio? É doce.
    A Vale? Amarga.
    Ai, antes fosse
    Mais leve a carga."