Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

filmow.com/usuario/ingridfeiitosa/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > ingridfeiitosa
23 years São Paulo - (BRA)
Usuária desde Abril de 2017
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Ingrid

    Minhas 4 estrelas é porque a história é boa. Acabei de ler o livro e corri para ver o filme, e infelizmente, por mais intenso que o filme foi, não mostrou totalmente a intensidade desta história.
    Para mim a história foi tão arrastada e ao mesmo tempo tão acelerada que é até dificil de comentar..
    Oque me chamou realmente a atenção além das incríveis atuações e eu gostei bastante, foi o fato de que alguns diálogos são exatamente iguais ao livro.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Mas me parece que não ficou tão claro o fato de que ela fez a cabeça do marido para engravidarem e simplesmente depois "mudou de idéia", ela depois não queria a gravidez e se sentia invadida, não acho qe fica claro o grande desprezo da parte de Eva, a rejeição de ambos, um para com o outro e a depressão pós-parto. A fala em que Eva diz para ele que era feliz antes de Kevin nascer e que agora sentia vontade de cortar os pulsos foi trocada para que ela queria estar em Paris. Ela realmente temia o olhar do garoto, e desconfiava dele sempre e dizia tb ao marido, que por sua parte sempre apoiava o filho e ficava contra a esposa. Não ficou claro que o casal estava super distanciado, ela odiou a casa nova. O marido não queria a segunda gravidez e ele tambem rejeitava Celia para mostrar apoio ao Kevin. Kevin vestia "uma capa" na frente do pai, e também o achava imbecil ..

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Ingrid

    "Filmes não criam psicopatas. Filmes só tornam os psicopatas mais criativos"
    "Todos nós enlouquecemos as vezes"

    Obra de arte ! Fico até sem ter o que dizer depois de ler alguns comentários, só deixo aqui o meu destaque para Skeet Ulrich (Billy), que não faltou em nada em seu papel de psicopata, confesso que na primeira cena que ele aparece e o seu olhar nas demais, me deixaram inquieta.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.