Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > mmajunior
(BRA)
Usuário desde Maio de 2012
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Graduado em fazer listas de filmes e pós-graduado em recomendar alguma coisa para alguém, com mestrado em admirar a simplicidade cotidiana e doutorado em ser nostálgico. Apaixonado pelo cinema desde os tempos mais remotos das videolocadoras, quando quinzenalmente minha família se reunia para assistir algum terror por aí. Tenho um apreço pelas palavras e fascínio pela subjetividade e sensibilidade transmitida pela sétima arte. Levo a vida devagar pra não faltar amor.

Meu instagram: @manuelmjr_

Últimas opiniões enviadas

  • Manuel Junior

    A terceira sitcom vista após adentrar na fase "adulta", me faz perceber que, sitcom, para mim, funciona com o passar do tempo e com o apego aos personagens e suas peculiaridades. Sei que tiveram momentos bons, mas tenho certeza que as outras temporadas serão melhores. A mesma coisa aconteceu com How I Met Your Mother e Friends, no qual comecei a me cativar bem mais a partir da segunda temporada. Principalmente quando a temática da série é ser "sobre nada", algo que Friends também compartilha em sua trama. Cotidiano, bobagens e relacionamentos entre amigos que compartilham seus dilemas sobre a rotina de suas vidas. Por isso, irei continuar. Assim como as outras duas, a primeira temporada é 4 estrelas.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Manuel Junior

    Gostei do remake, é extremamente eficiente. Michael Myers é um dos mais icônicos slashers de todos os tempos, achei muito válido explorar algo que até então não tínhamos visto: um pouco mais da sua infância. Claro que ter uma família com personagens intensamente caricatos é até um incômodo de se ver, para dar o ar de família "desestruturada", mas ainda assim é um bom ponto para se diferenciar do original. Não tem porque fazer igualzinho; isso daqui pode ser muito bem visto como uma releitura da história criada por John Carpenter, não para ser uma cópia do original. Perceber que Rob Zombie trouxe um background que de certa forma "humaniza" o personagem é bem satisfatório. Obviamente esse filme traz diversas cenas e mortes nada criativas e não possui uma direção inovadora, buscando explorar a imagem de Myers o máximo possível, além de sua capacidade de matar. Ficou ruim? não! Apenas pode incomodar quem busca uma maior tensão como vistos nos dois primeiros filmes da franquia original. Nesse sentido poderia até ser mais curto. Além disso, Jamie Lee Curtis como Laurie Strode é extremamente mais cativante que a ingênua Scout Taylor-Compton. Micael é a representação total do mal, e é visto muitas vezes como algo metafórico ao que significa o medo que sempre nos persegue, podendo representar diversas coisas. Essa ideia aqui foi esquecida, todavia, vendo como um filme único, uma releitura, foi uma experiência satisfatória.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Tam
    Tam

    💛🌻

  • Alan Guimarães
    Alan Guimarães

    Oi, Manuel, obrigado pela minha curtida da lista de filmes de Natal e espero que tenha gostado dela. Abraços.

  • Anne Caline
    Anne Caline

    Sim! Aqui é tradição até hoje a gente se reunir (todos, da priminha menor até a vovó de 84 anos) nos finais de semana e ver filme, geralmente de terror mas aceitamos outros gêneros também hahahaha

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.