Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Walkiria Barbosa
0Número de Fãs

Diretora-executiva do Festival do Rio e da Total Entertainment, produtora que se estabeleceu a partir do fim dos anos 1990 com a realização de longas-metragens comoNavalha na carne (1997), de Neville D'Almeida, e Avassaladoras (2001), de Mara Mourão. A Total também participou da produção de telefilmes, comoMeu filho teu (2000), dirigido por Walter Lima Jr., e de co-produções internacionais como My father (2002), de Egidio Erônico, realizado em conjunto com a Gam Film italiana e estrelada por Charlton Heston. Em 2003, associou-se à mexicana Titan Filmes para a realização deAos olhos de uma mulher (2003), de Antonio Serrano. No mesmo ano, produziuSexo, amor e traição (2003), de Jorge Fernando (remake de um grande sucesso mexicano da Titan Filmes,Sexo, pudor y lágrimas), e no ano seguinte,Viva sapato! (2004), de Luiz Carlos Lacerda. Em 2005, produziuMais uma vez amor (2005), de Rosane Svartman, e, no ano seguinte,Se eu fosse você (2006), de Daniel Filho. Walkíria foi uma das fundadoras e diretoras executivas do Rio Cine Festival (1985-1998), e quando este juntou-se à MostraRio e virou o Festival do Rio, em 1999, para formar um dos maiores festivais de cinema da América Latina, ela passou a ser diretora-executiva e integrante de sua comissão de seleção. Ainda no Festival do Rio, é responsável pelos seminários, que discutem temas ligados ao mercado, e pelo showcase de filmes brasileiros. Integra também a diretoria do Festival de Búzios, que se tornou um ponto de encontro entre distribuidores e exibidores do Brasil. Em 2008, lançou o longa Sexo com Amor? , de Wolf Maya. Os próximos lançamentos são A guerra dos Rocha, de Jorge Fernando, e o documentário O homem que engarrafava nuvens, de Lírio Ferreira, ambos em fase de finalização.