Genealogias de um Crime

1997

Généalogies d'un crime

Dirigido por:
Média geral 3.7
baseado em 46 votos
Sua avaliação:
salvando
113 minutos

Diretor Raoul Ruiz se inspirou num caso da história da psicanálise para criar este filme. Hermine Hellmut von Hug, uma psicóloga infantil de Viena, na virada do século, descobre que seu sobrinho de cinco anos tem tendências homicidas. Discípula de Freud, ela acredita firmemente que a personalidade do menino, mesmo nesta idade, já está definida. Resolve, assim, acompanhar o crescimento dele até o dia em que venha a cometer o esperado crime. Acontece, porém, que o sobrinho acaba matando a própria tia, a única a saber de suas tendências criminosas.

Ele é defendido nos tribunais por Solange, uma advogada que tem a intenção de analisar, por um período de dez anos, a complexa e sutil relação entre a vítima e o assassino. Parece, a princípio, que a tia queria não apenas investigar sua características homicidas mas também provar uma nova teoria da psicanálise. O rapaz, por sua vez, além de querer punir a tia por sua mórbida curiosidade, parece ter seguido seus irrestíveis convites a cometer um assassinato. Em outras palavras, é um dilema entre a determinação e a liberdade de escolha.

Para Solange, a advogada, o caso toma rumos inesperados no decorrer de suas investigações. O rapaz se torna cada vez mais convencido de que a tia e a advogada são, na verdade, a mesma pessoa. Ao mesmo tempo, Solange vê em seu cliente a reencarnação de seu próprio filho, que morreu num acidente na estrada. Os dois se envolvem e decidem morar juntos. Desta forma, o círculo vicioso volta a se repetir.

Estreia Mundial:
1997
Outras datas
Denunciar algo errado
Em DVD
Trailers
  • Nenhum trailer cadastrado.
Fotos
  • Nenhuma foto cadastrada.

Comentar: